Em Apipucos, metralhas na rua

É triste, mas no Recife é assim. Há menos de quinze dias, garis da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) fizeram uma faxina geral na Avenida Dezessete de Agosto, na Praça de Apipucos e até mesmo em vias menores, como a Rua da Alliança. Mas um dia após a limpeza, colocaram essas metralhas na via.

O que chama a atenção é que as pessoas têm dinheiro para reformar as casas (muitas vezes luxuosas), destruir paredes, mas não alugam caçambas ou outros equipamentos para dar um destino correto a esse tipo de lixo, emporcalhando as ruas, calçadas, até praças. Todos os dias, há metralhas jogadas por perto de residência em construção. Não é difícil identificar o responsável pelo descarte irregular.

A Rua da Aliança tem um traçado curioso. Ela tem formato de U, entrando pela Praça de Apipucos, ao lado do Quartel do Décimo Primeiro Batalhão da PM. Mas ao final, ela se transforma em um bequinho que dá acesso à comunidade ribeirinha do Areal, que tem nesse estreito caminho um atalho para suas residências. Mas constantemente aparece lixo ali jogado, como se o caminho de acesso de pessoas de comunidades carentes fosse uma lixeira.

Ou seja, um  ato de profundo desrespeito com as pessoas e também com o meio ambiente, com os moradores do Areal e também com os moradores da Praça de Apipucos que tentam em vão zelar pela limpeza do bairro (nem todos, é verdade). Mas boa parte, sim. Não faz muito tempo, a Emlurb me aplicou uma multa, por conta de metralhas jogadas ao lado da minha residência. Mas fui logo “anistiada”, quando expliquei que o descarte irregular não era meu. Esse da foto já foi comunicado à Emlurb e foi jogado no muro de um terreno pertencente à Igreja Católica, onde funciona um seminário. O muro fica atrás de minha casa.  Só com multa, para evitar reincidência. Sinceramente… Dá revolta um negócio desse.

Leia também:
Apipucos: Adeus às antigas luminárias
Açude de Apipucos: Toneladas de lixo
Parque Apipucos sofre incêndio
Parque Apipucos começa a desabar
Metralhas poluem Apipucos
Apipucos sucumbe ao lixo
Açude de Apipucos virou um lixão
Macaco prego aparece em Apipucos
Metralhas poluem Apipucos
Apipucos pede socorro
Cineclube ao ar livre em Apipucos
Serra Pelada de Sinha é só riqueza
Pátio de São Pedro está sendo pilhado
Que horror: Pátio de São Pedro fica sem lampiões até depois de julho
Cadê os lampiões da Ponte Velha?
Ponte da Boa Vista ganha abraço
Ponte da Boa Vista pede socorro
Ponte da Boa Vista: efetuada reposição mas faltam reparos
Bonde vira peça de museu e trilhos somem do Recife sem memória
Secular Magitot vira ruína na Várzea
Poço da Panela e a briga de gigantes

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.