Maracatu Rural movimenta RioMar

Sem carnaval no meio da rua, devido à pandemia, o shopping centers estão fazendo esforços para que a maior festa popular do Recife não passe em branco. Cada qual desenvolve um tema versando sobre o Reinado de Momo, tã aguardado durante todo o ano por milhares de pernambucanos. No caso do RioMar, por exemplo, acaba de ser inaugurada a exposição Maracatu Rural – A Magia do Carnaval.

Também chamado de maracatu de baque solto, a tradição é exclusiva de Pernambuco, e tem no caboclo de lança a sua figura mais emblemática e hoje uma ícone da cultura popular no estado. A mostra permanece em cartaz entre os dias 02 a 28/02 e o acesso é gratuito. Na expô, constam fotografias, indumentárias, adereços, objetos, além de ambientação criada especialmente para o evento.  A mostra é enriquecida com textos sobre o folguedo. Enfim, um mergulho  no imaginário popular que deu origem a este ritmo único surgido na Zona da Mata de Pernambuco.

Antes restrito aos canaviais, o Maracatu Rural ganhou as ruas e é uma das atrações do carnaval de várias cidades pernambucanas, inclusive Recife e Olinda. E terminou por se transformar na principal identidade cultural de um povo que vivia do corte, colheita e produção da cana de açúcar. A manifestação é encontrada em cidades da Zona da Mata de Pernambuco  como Nazaré da Mata, como Igarassu, Buenos   Aires,  Tracunhaém, Carpina, Chã de Alegria, Lagoa do Itaenga, Feira Nova, Araçoiaba, Paudalho, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Aliança, Glória do Goitá e Condado. A mostra conta com a participação de profissionais altamente capacitados e conhecedores dessa manifestação cultural. A realização é da Cactus Promoções e curadoria de Afonso Oliveira, talvez o maior especialista no assunto em Pernambuco. O projeto expográfico e designer é de Carla Gama, profissional com carreira reconhecida no Brasil e no Exterior.

E são “bambas” os responsáveis pelas fotos: Hans Von Mantteufel, Afonso Oliveira, Ederlan Fábio, Fred Jordão e Toni Braga.  O carnaval de Pernambuco é considerado pelos especialistas como o mais diversificado do Brasil, e conta com manifestações que só existem no Estado como o maracatu rural (da região canaveira), os Caretas (Triunfo, Sertão), Papaguns (Bezerros, Agreste), Caiporas (Pesqueira, Agreste),  Tabaqueiros (Afogados de Ingazeira, Sertão). Sem falar no frevo – que hoje é um ritmo nacional – e no maracatu nação (ou de baque virado), que embora haja em outros estados, é em  Pernambuco onde sua presença é mais forte.

Leia também:
Maracatu Rural: As mulheres guerreiras
Caboclo de lança inspira prato
A única mestra de maracatu
O fantástico maracatu A Cabra Alada
Entre mandus e caiporas
Os misteriosos tabaqueiros do Sertão
Pátio tem romantismo dos blocos
A agenda cheia do Bloco da Saudade
Encontro de blocos líricos no Pátio
Bloco das Flores ganha expô
O fuzuê do carnaval da Bahia e o Bora Pernambucar no Recife
A festa do trio de bonecos gigantes
MeninXs na Rua: Caminhada do Frevo
Os antigos carnavais em fotos
Escuta Levino sai quinta sem os Guerreiros do Passo
É de perder os sapatos no Recife
Centenário Bloco das Flores ganha expô
Caminhada Carnavalesca dos MeninXs
Bora Pernambucar chega ao fim com encontro de bonecos gigantes
Rei e Rainha de Momo sobem o Morro
Zé Pereira festeja cem anos no Recife
A Zé Pereira, com festa e com afeto
À espera de Zé Pereira no Recife
Arcoverde provou que é multicultural
Caretas, tabaqueiros e caiporas
As viagens do Homem da Meia Noite
Paço do Frevo e Homem da Meia Noite animam o Bairro do Recife
Homem da Meia Noite sobe o Morro
Entre o sagrado e o profano, Homem da Meia Noite sobe o Morro
Homem da Meia Noite merece respeito
“O carnaval melhor do meu Brasil”
Dica para as foliãs: como fazer xixi em pé
Carnaval: Recife ou Olinda?
Teatro Santa Isabel abre para o frevo
Samba na Bomba do Hemetério
 
Nostalgia no Pátio de São Pedro
À espera de Zé Pereira
Homem da Meia Noite sobe o Morro
Entre o sagrado e o profano, Homem da Meia Noite sobe o Morro
Prata da casa decora o Recife em 2019
Recife: Igreja, santo, orixá e carnaval

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação / RioMar

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.