Vacinas seguem hoje para gerências regionais de saúde. Seringas já estão lá

Geralmente, quando chega janeiro, em Pernambuco todo mundo só fala no momento mais esperado do ano: o carnaval. Mas em 2021, a expectativa é diferente. Ao invés de bloco de frevo, samba, boneco gigante e maracatu, a população quer mesmo é bloco da vacina. Da vacina contra a Covid-19. E o anseio começa a se tornar realidade hoje à noite, quando deve chegar no Aeroporto dos Guararapes, um avião com 270 mil doses da CoronaVac, a vacina do Butantan/ Sinovac que começou a ser distribuída para o Brasil nesta segunda-feira (18/01).

Segundo o Palácio do Campo das Princesas, a previsão é que essas doses iniciais sejam recebidas em Pernambuco às 19h40, conforme informações  repassadas pela Superintendência do Ministério da Saúde. “Em 24 horas, as doses deverão chegar às 12 Gerências Regionais de Saúde (GERES), responsáveis por encaminhar as vacinas aos postos de saúde dos municípios”, assegura a Secretaria Estadual de Saúde, para onde já foram enviados carregamentos de seringas e agulhas (foto acima). A ação de distribuição envolve operação com cinco mil profissionais do efetivo da Secretaria de Defesa Social (SDS), incluindo servidores das Polícias Militar, Civil e Científica e do Corpo de Bombeiros Militar. Inicialmente cerca de R$ 1 milhão será investido na iniciativa, envolvendo escolta, logística, mapeamento e policiamento nas rotas, além de viaturas e insumos.

Seis caminhões vão levar as vacinas contra o coronavírus para as gerências regionais de Saúde de Pernambuco

Sob a coordenação da Secretaria Estadual de Saúde, por meio do Comitê Estadual de Vacinação, interligado ao Centro Integrado de Comando e Controle Regional da SDS (CICCR), as doses entregues pela Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal ao Governo de Pernambuco (em deslocamento do Aeroporto do Recife), após inspecionadas e separadas, partirão com destino às 12 GERES do Estado. Agora à tarde, segundo o secretário estadual de Saúde, André Longo, haverá pactuação com os municípios para escolha dos grupos prioritários, que receberão essas primeiras doses. “Essas vacinas vão atender, no primeiro momento, parte dos trabalhadores de saúde, algo em torno de 30%. Serão priorizados os que estão na linha de frente, atendendo à Covid-19. Além disso, estão incluídos idosos com mais de 60 anos em Instituições de Longa Permanência, como os asilos, além de deficientes internados em instituições e indígenas aldeados”, explicou Longo.

O Plano Nacional de Imunização (PNI) estabeleceu que o grupo prioritário 1 englobaria idosos com mais de 75 anos, indígenas aldeados, idosos com mais de 60 anos que moram em asilos e profissionais de saúde. Em Pernambuco, isso corresponde a 630 mil pessoas. Para garantir as duas doses a todos eles, seriam necessárias 1.260.000 vacinas. Como o Ministério da Saúde está enviando 270 mil doses para Pernambuco neste lote, não será possível atender o primeiro grupo prioritário por completo. Por isso, a nova recomendação do Ministério é que essas primeiras doses sejam destinadas a profissionais da saúde que atuem na ponta, idosos que vivem em asilos, pessoas com deficiência que vivam em instituições de longa permanência e indígenas aldeados.

Serão utilizados na logística de distribuição seis caminhões, sendo quatro refrigerados, adequados para longas distâncias. Os veículos não refrigerados não ensejam qualquer risco às vacinas, pois elas estão armazenadas em caixas térmicas a uma temperatura entre 4 a 8º, garantindo uma durabilidade de no mínimo 48 horas. Segundo a Secretaria de Defesa Social, desde a última quarta-feira (13.01), as operativas da SDS já estão atuando na escolta dos carregamentos de seringas e agulhas (foto), material que será utilizado nos postos de saúde para vacinar a população de Pernambuco. Essa operação serviu de teste para a logística das doses, de modo que a entrega ocorra de forma rápida e eficiente. No Recife, o Prefeito João Campos (PSB) garante que está tudo pronto para dar início à imunização. Hoje o boletim diário da Secretaria Estadual de Saúde traz o registro de 322 novos casos da Covid-19 e onze óbitos. Assim, o número oficial de pessoas que foram infectadas pelo coronavírus em Pernambuco chega a 241.409. E somam 10.031 as vidas perdidas para a pandemia no estado.

Leia também:
Enfim, a vacina contra a Covid-19. Óbitos já passam de 10 mil em Pernambuco
Pandemia, panelaço e doações ao Amazonas
Pernambuco está pronto para distribuir vacina contra Covid-19
Covid-19: Números preocupam mas bares abusam na Zona Norte
Governadores pressionam Pazuello por vacina
Seringas para vacinação contra Covid-19 começam a embarcar para o interior
Pernambuco tem estoques de seringas. Mas… cadê a vacina?
Prefeito trabalha Plano B caso Ministério não envie vacinas
Voltar à normalidade, como? Gripezinha, resfriadinho ou genocídio?
Covid-19 mata o “véio” Genival Lacerda
Pandemia: Governo proibe festas e praias podem fechar de novo
Covid-19: Médicos intensivistas podem se inscrever
Cientistas contestam Bolsonaro
Cientistas e médicos: “Vidas são mais importantes que cargos políticos”
Feliz 2021 e que o “novo normal” volte ao “velho normal”
Casos de Covid batem recorde em Pernambuco
Pandemia: Sem fogos de artifício, virada do ano terá show de laser
Baile do Menino Deus: “Não houve nenhum caso de contágio”
Com a pandemia, Baile do Menino Deus vira cinema
Estamos passando por um momento difícil da pandemia
Governo diz que já chamou 8,1 mil profissionais para lutar contra a Covid
Em calamidade pública,Pernambuco cancela carnaval 
Covid-19 volta a subir. E muito
Pandemia cresce e Pernambuco tem 428 novos leitos públicos
Crise na saúde: #SomostodosCisam
Covid: números preocupam mas bares abusam na Zona Norte
Pernambuco está pronto para distribuir vacina contra Covid-19

Texto: Letícia Lins
Fotos:  Acervo #OxeRecife / Divulgação / SEI

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.