Pandemia: Governo proíbe festas e praias podem fechar de novo

Passadas as aglomerações das eleições e as festas de fim de ano – com muita gente sem respeitar o isolamento social – e com os índices da Covid-19 novamente em alta, o Governo de Pernambuco decidiu endurecer. O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 anunciou hoje que eventos sociais com mais de 150 pessoas estão proibidos em todo o Estado. Antes a permissão era para grupos de até 300.

Hoje foram registrados 1.604 novos casos da infecção, somando 226.940 o total de pessoas contaminadas desde o início da pandemia. Também foram confirmados 22 óbitos, elevando-se para 9.731 o total de vidas perdidas no estado. Estão vetados shows até o final deste mês de janeiro. E também festas de qualquer tipo, em restaurantes, barracas de praia, hotéis ou outros estabelecimentos, com ou sem venda de ingressos.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, defendeu o respeito aos protocolos como única forma de evitar a transmissão do vírus. “Para que as atividades continuem funcionando sem colocar vidas em risco é preciso seguir as normas que norteiam o Plano de Convivência, e que estão centradas no distanciamento, uso de máscara, higiene e monitoramento”, repetiu.ou Longo.

Segundo ele, neste momento há mais de mil pacientes com suspeita da Covid-19 internados em leitos de UTI, públicos e privados, e a cada três pacientes que desenvolvem quadros graves da doença, ao menos um acaba não resistindo. “É para não transmitir o vírus e provocar mortes que todos devemos reforçar os cuidados”, diz. E alerta. “O vírus pode ser silencioso e inofensivo para você, mas para alguém próximo pode ser fatal”.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, informou que lo Governo do Estado para combater e punir o desrespeito às normas do Plano de Convivência, e solicitou a colaboração da sociedade. “Vamos ter que aumentar as medidas de fiscalização de forma mais dura e objetiva”.Segundo Pedro Eurico, quem quiser colaborar basta enviar as imagens de aglomerações. “O Estado vai, automaticamente, aplicar a multa e, a partir de agora, notificar diretamente por notícia-crime ao Ministério Público para instaurar processo criminal”.

O secretário informou ainda que, nos últimos 30 dias, já foram multados mais de 150 estabelecimentos com valores que chegam a quase R$ 350 mil. “Esses valores serão aumentados. Em caso de reincidência, a interdição do estabelecimento será definitiva”, advertiu. Hoje o Governador Paulo Câmara (PSB) fez reunião virtual com Prefeitos de cidades litorâneas, a quem pediu fiscalização das medidas de segurança sanitária. O temor é do excesso de aglomerações. Se o abuso perdurar, as praias podem voltar a ser fechadas. Eu sou viciada em praia, mas com a pandemia, não tenho facilitado. Só vou a Boa Viagem muito cedo, quando a areia está vazia. Também não uso mais cadeira de barraqueiro, pois não vejo higienização nenhuma. Levo a minha. Também leve água de casa para beber, para não ter que manipular garrafa na areia. E volto para casa antes das 10h, quando a praia fica muito cheia. De gente…

Leia também:
Covid-19: Médicos intensivistas podem se inscrever
Feliz 2021 e que o “novo normal” volte ao “velho normal”
Casos de Covid batem recorde em Pernambuco
Pandemia: Sem fogos de artifício, virada do ano terá show de laser
Baile do Menino Deus: “Não houve nenhum caso de contágio”
Com a pandemia, Baile do Menino Deus vira cinema
Estamos passando por um momento difícil da pandemia
Governo diz que já chamou 8,1 mil profissionais para lutar contra a Covid
Em calamidade pública,Pernambuco cancela carnaval 
Covid-19 volta a subir. E muito
Pandemia cresce e Pernambuco tem 428 novos leitos públicos
Crise na saúde: #SomostodosCisam
Covid: números preocupam mas bares abusam na Zona Norte
Pernambuco está pronto para distribuir vacina contra Covid-19
Proibidas festas de Natal e reveillon
Pastoris virtuais começam no sábado
Proibidas festas de Natal e réveillon
Pilar: Projeto Ação prepara festa natalina
Dê presentes sociais nesse Natal
Lar do Nenen precisa de ajuda
Sem festa da Vitória Régia, Casa da Criança Marcelo Asfora precisa de você
Decoração natalina perdeu para outras capitais do Nordeste

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.