Prefeito: “Vim fazer o que falta ser feito”

Primeira localidade a ser visitada pelo então candidato do PSB Prefeito do Recife, a comunidade Irmã Dorothy – situada no bairro da Imbiribeira – também foi a primeira a receber o agora Prefeito João Campos. O socialista esteve lá no primeiro dia útil do ano, onde assinou portaria determinando que a Secretaria de Política Urbana e Licenciamento realize os estudos técnicos para garantir a regularização e urbanização de toda a comunidade, onde moram cerca de 10 mil pessoas. João disse que começa a fazer o que “falta ser feito no Recife”.  Isso após suceder oito anos de gestão socialista.

A partir da assinatura da Portaria, a Secretaria terá que fazer os estudos para garantir a regularização fundiária, com a posse das moradias, além dos projetos para o saneamento, drenagem, pavimentação e a identificação de espaços onde possam ser localizados os equipamentos de Saúde e Educação. Na campanha, João Campos prometeu desencadear o Programa a Casa é Sua, através do qual iria legalizar os imóveis de 50.000 famílias do Recife, principalmente da periferia.

“Com isso, cerca de 200 mil recifenses terão acesso aos serviços que dependem dessa documentação e a  tranquilidade de viver em imóvel legalizado”, afirmam folhetos que foram distribuídos durante a campanha, nas ruas da cidade. A promessa foi ratificada na programação eleitoral gratuita, em entrevistas e em debates na TV. Também prometeu aumentar em 50 por cento a área saneada do Recife (hoje nem 35 por cento dos imóveis tem direito a saneamento básico).

Durante a campanha ele poupou o Prefeito Geraldo Júlio (PSB) – o mais impopular do Nordeste, segundo as pesquisas –  com o bordão que muita coisa foi feita no Recife, mas ia fazer o que faltava ser feito. “No primeiro dia de campanha eu vim aqui na Comunidade Irmã Dorothy e firmei esse compromisso. A comunidade da Irmã Dorothy tem mais de 15 anos, aqui moram mais de 10 mil pessoas e é uma comunidade que não tem direito à terra, ao saneamento, ao abastecimento de água, a uma unidade de saúde e a uma unidade educacional. Eu vim aqui porque eu sempre disse que o nosso compromisso é fazer o que falta ser feito no Recife”, declarou. Sete secretários acompanharam o prefeito, que prometeu abastecimento, drenagem, pavimentação, upinha e creche. “Temos quatro anos para fazer tudo”, disse.

Leia também:
É trabalho, trabalho, trabalho?
João Campos diz que o Recife tem o melhor secretariado do Brasil
João Campos, se eu fosse você…
A voz do eleitor:  “Por uma cidade inteligente e um prefeito de resultados”
A Voz do eleitor: “Que o Prefeito respeite mais o Recife e os recifenses”
A voz do eleitor: “Eu quero um Recife mais sustentável”
A voz do eleitor: “Quero um Recife mais sustentável
A voz do eleitor: “Gostaria de ver o Recife como uma cidade mais organizada”
A voz do eleitor: “O Recife precisa de um prefeito que não seja cara de pau”
A voz do eleitor: “Por um Recife com igualdade social e ruas sem lixo”
A voz do eleitor: “Um Recife mais limpo, mais saudável, mais agradável”
A voz do eleitor: “Quero um Recife mais humano, disciplinado e consciente”
A Voz do eleitor: Gostaria que o Recife fosse uma cidade mais humana
A Voz do eleitor: “Quero a volta do orçamento participativo”
A voz do eleitor: “Gestão inclusiva, justa e participativa”
A Voz do eleitor: Espero competência, honestidade, dignidade
A Voz do eleitor: “Que o próximo gestor faça uso correto do dinheiro público”
A  Voz do eleitor: Uma cidade justa, limpa e muito bem cuidada 
A Voz do eleitor: Mobilidade, controle urbano, história preservada, cidade parque
A Voz do eleitor: Saneamento, mobilidade, saúde, patrimônio protegido
Marília cai em um dia e sobe no outro
TCU: 10.000 candidatos receberam auxílio emergência, treze em Pernambuco
Marília cai em um dia e sobe no outro
Ibope: João Campos joga pesado e reverte vantagem de Marília
Debate: Campanha do ódio
Direita pede votos para João Campos porque “Lula tem pacto com o demônio”
Campanha vira lavagem de roupa suja
PSB: Dá para acreditar? Nunca fez nada pelo Recife e quer ser prefeita
Segundo turno começa a esquentar temperatura. Debate foi só o inicio
A virada de Marília Arraes
A nova cara da Câmara Municipal
TRE, idosos, pandemia e santinhos
João Campos deve disputar segundo turno com a prima Marília
Eleições municipais, 2020: Pernambuco tem 1.140 fichas sujas
O debate e perguntas sem respostas
Chame, chame a delegada
Cuidado com a Covid no dia da eleição
Lixo oficial à margem do Capibaribe, cidade entregue e prefeito impopular 
E os 50.000 títulos de regularização fundiária?
Sessão Recife Nostalgia: “Quando a cidade era cem por cento saneada)

Você está feliz com o Recife?
O índice de felicidade urbana do Recife
Viva 2018, Recife
O Recife que queremos, em 2019
Recife, cidade parque em 2037
Aos 483, o Recife é lindo?
Recife se prepara para os 500 anos
Uma cidade boa para todo mundo
Pobre Recife. Será que isso vai mudar?

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Rodolfo Loepert / Divulgação / PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.