Baile do Menino Deus: “Não houve nenhum caso de contágio” (da Covid-19)

Autor de livros viscerais – como Faca, Galileia e Retratos Imorais – Ronaldo Correia de Brito é, também, o criador do poético Baile do Menino Deus, espetáculo teatral encenado há 37 anos, dos quais 17 no Marco Zero do Recife. E que é uma verdadeira festa para os olhos de crianças e adultos. Em 2020, devido à pandemia da Covid-19, o mais famoso auto natalino do Brasil virou filme, que estreia às 20h dessa terça-feira (23/12) pelas redes sociais do espetáculo. O que muitas pessoas não sabem é que o famoso escritor também é médico. E que se cercou de cuidados sanitários para evitar que alguma pessoa do elenco ou da técnica se contaminassem com o novo coronavírus. Resultado: Encerradas as filmagens, nenhum caso registrado de contágio, entre as 200 pessoas mobilizadas para a produção, incluindo 70 atores.

O que não foi fácil,  em tempos de pandemia. Principalmente tratando-se de um grupo tão grande, envolvendo músicos, coro adulto, coro infantil, solistas, bailarinos e técnicos para a produção do filme  (no palco, seriam cerca de 300 mobilizados, como ocorria até 2019). Muitas vezes, próximos uns aos outros, devido às marcações exigidas para a apresentação.  As gravações ocorreram no palco do Teatro Guararapes, do Centro de Convenções de Pernambuco. Isso porque o autor fez questão de preservar as características teatrais do espetáculo, mesmo transportando-o para o cinema. Mas além da preparação do elenco, em 2020, houve outro tipo de preparação. “Dois meses antes de iniciarmos as filmagens, contratamos a equipe médica, que criou um protocolo rigoroso, a partir dos protocolos do Ministério da Saúde, Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco e Secretaria Estadual de Saúde do Município. Além desses, cumprimos fielmente o protocolo do audiovisual”, conta Ronaldo.

Produção de Baile do Menino Deus juntou 200 pessoas entre elenco e técnicos: Nenhum contágio com Covid-19.

E acrescenta: “A equipe médica fez reuniões online com todos os grupos de artistas e técnicos e criou um cadastro individual para seguimento. Toda pessoa participante da filmagem falava diretamente com os médicos, que prestavam os esclarecimentos em pauta, e faziam atendimento presencial se fosse necessário. Antes de iniciarmos as filmagens, todos os artistas foram testados, alguns poucos retestados”. Também havia monitoramento rígido nas áreas de trabalho”, diz. “O controle no local de filmagem era de um rigor absoluto. As maquiagens individuais, a alimentação seguindo protocolos, uso obrigatório de máscaras, limpeza rigorosa de banheiros”, explica Ronaldo. E comemora:

Não houve um único caso de contágio. O seguimento se deu por 15 dias após o término das filmagens. Passado esse prazo, todos tiveram alta e, felizmente, continuam assintomáticos”.

A montagem de cenários começou em 29 de outubro, com a equipe de cenotécnicos. E o grupo deixou o teatro no dia 17 de novembro, após sucessivas equipes terem se alternado. As filmagens ocorreram durante quatro dias seguidos. Felizmente, os trabalhos foram concluídos sem que ninguém, mas ninguém mesmo contraísse a Covid-19. Pensem em uma responsabilidade! E sobretudo em uma eficiência…

Em Pernambuco, no entanto, a pandemia permanece em alta. Nessa quarta-feira (23/12), a Secretaria Estadual de Saúde confirmou mais 1.915 novos casos da Covid-19, elevando-se para 211.996 o número oficial de pessoas que foram contaminadas pelo novo coronavírus em Pernambuco. Também foram confirmados 28 óbitos, somando-se 9.487 o total de vidas perdidas para a pandemia no Estado. Tanto o governo estadual quanto o municipal anunciam a reabertura de novos leitos públicos, tendo em vista que o número de casos graves da doença vem aumentando nas últimas cinco semanas. Hoje, por exemplo, a Prefeitura do Recife anunciou a abertura de 80 leitos no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa. A unidade, inaugurada em 2020, havia herdado leitos e equipamentos dos hospitais provisórios, instalados especialmente para receber pacientes da Covid-19, que foram desativados, quando a pandemia começou a declinar. Agora… pelo visto, está começando tudo de novo.

Leia também:
Com a pandemia, Baile do Menino Deus vira cinema
Estamos passando por um momento difícil da pandemia
Governo diz que já chamou 8,1 mil profissionais para lutar contra a Covid
Em calamidade pública,Pernambuco cancela carnaval 
Covid-19 volta a subir. E muito
Pandemia cresce e Pernambuco tem 428 novos leitos públicos
Crise na saúde: #SomostodosCisam
Covid: números preocupam mas bares abusam na Zona Norte
Pernambuco está pronto para distribuir vacina contra Covid-19
Proibidas festas de Natal e reveillon
Pastoris virtuais começam no sábado
Proibidas festas de Natal e réveillon
Pilar: Projeto Ação prepara festa natalina
Dê presentes sociais nesse Natal
Lar do Nenen precisa de ajuda
Sem festa da Vitória Régia, Casa da Criança Marcelo Asfora precisa de você
Decoração natalina perdeu para outras capitais do Nordeste
Dupla inseparável: Xaveco e Carmem
Grande encontro de véios de pastoril
Bandeira do Divino no Santa Isabel
Véio Mangaba vira palhaço insone
Período natalino mas com forrobodó
Chuveiros natalinos em Boa Viagem
Capibaribe tem remada das luzes
Natal é luz. Mas no Recife…
Olha! Recife: Natal no rio e no asfalto
Cantata natalina no Recife Antigo
“O Náutico está no sangue: os glóbulos são vermelhos e brancos”
Eu Amo o Natal: inscrições abertas
Ganhe um réveillon de graça com orquestra e tudo
Saiu o resultado do Eu Amo o Natal
Atenção, brincantes do Ciclo Natalino
Queima da Lapinha é domingo. Vamos?
Um Natal por um Recife mais feliz
Natal para sempre no Santana
Natal Cultural, Baile do Menino Deus e Natal para Sempre
Natal Cultural com Beatles e Cordel
As lembranças do Natal em fotos
Luzes da Cidade no Olha! Recife
Que tal dar artesanato de Natal?
Presentes de Natal baratinhos
Garotada que faz bonito no Natal
Feliz Natal, Recife
Pastoris fazem  a festa no Recife
Pastoril é sonho de infância e razão de viver de Dona Lourdes
Queima da Lapinha no Dia de Reis
Pastoril e frevo na Queima da Lapinha
Pastoris fazem cortejo
Véio Mangaba no Santa Isabel
Cantada com frevo de bloco na Várzea
Fábrica de brinquedos do Noel Festa de arromba na Vila 7
Roteiro natalino em BRT iluminado
Olha! Recife no BRT Cais do Sertão
É sempre tempo de reisado no Sertão

Serviço:
O quê: Baile do Menino Deus (cinema)
Estreia: 23 de dezembro, 20h.
Transmissões: dias 23, 24 e 25 de dezembro pelo www.youtube.com.br/bailedomeninodeus; no dia 26 de dezembro pela TV Globo Recife e Globo Play, às 14h
Mais informações: http://www.bailedomeninodeus.com.br
Redes sociais: www.bailedomeninodeus.com.br; Facebook – @bailedomeninodeus;  Instagram – @bailedomeninodeusoficial; YouTube – www.youtube.com.br/bailedomeninodeus

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.