Animais silvestres órfãos ou queimados chegam ao Cetas Tangara

Dá pena ver um animal silvestre com as patinhas queimadas, sem conseguir andar. Mas não pensem que esse bichinho aí da foto foi vítima de incêndio na região do Pantanal ou da Amazônia. Foi aqui mesmo, em Pernambuco. E em região que a gente pensa que isso não acontece, na bucólica Taquaritinga do Norte, a chamada Dália da Serra, cidade famosa pelo seu clima ameno e pelos seus plantios orgânicos de café.

No entanto, no município – localizado a 164 quilômetros do Recife – ainda tem que pratique o velho hábito de queimar a vegetação para fazer plantio. E o resultado é aridez do solo e risco para os animais, como é o caso desse mocó, que chegou ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas Tangara), com quatro patas queimadas. Coitadinho… Ele foi acolhido, está sendo tratado e após a cura será preparado para retornar à natureza. Ele é apenas um dos novos moradores do Cetas, órgão da Agência Estadual do Meio Ambiente encarregado de receber animais silvestres provenientes de contrabando, cativeiro ou entrega voluntária.  Além do mocó, chegaram, também, outros animais.

São eles: quatro filhotes de tamanduá-de-colete (super fofinhos), um gato do mato (uma gracinha), um gavião e um sibito. Os  tamanduás e o gato do mato foram resgatados por equipes do Corpo de Bombeiros nos município de Vitória de Santo Antão e Jaboatão dos Guararapes. O gavião resultou de entrega voluntária. E o sibito caiu do ninho em frente à sede da própria Cprh,no bairro do Poço da Panela, Zona Norte do Recife. Sortudo…. Lembrei logo de Chiquinho, o bem-te-vi que caiu aqui perto, e do qual terminei me sentindo a mãe. Até hoje quando ouço o canto de um bem-te-vi só penso que é ele que está por perto…. Abaixo, você pode ver outros casos de animais desgarrados, vítimas de tráfico ou que foram alvo de entrega voluntária

Leia  também:
Gato mourisco confundido com bichano é socorrido pela Cprh
Francisco, o bem-te-vi que caiu do ninho
Tamanduá mirim é resgatado no Recife
Tamanduá bebê leva tiro na orelha
Mata queimada  expulsa tamanduá incêndio
Coruja cai em asfalto na Boa Vista 
Outra corujinha caindo do ninho
Oferta de R$ 500 por um gavião bebê
Gavião com asa quebrada é resgatado
Gavião relógio: imponente, raro e ferido
Aposenta entrega papagaio de estimação temendo gavião
Haja passarinho caindo do ninho
Mais um bebê que cai do ninho
Corcará bebê leva queda e sobrevive
Ninho tecnológico do carcará
Zooterapia: Aves vítimas do tráfico ajudam pacientes psiquiátricos
Pandemia e a festa dos bichos

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Cprh / Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.