#RecifeEmergênciaClimática (8)

Desde 2017, que o #OxeRecife vem registrando, aqui, contradições e perdas provocadas pela equivocada política de arborização da cidade, que vem se transformando na capital nacional do arboricídio. A partir do ano passado, resolvemos registrar não só as árvores degoladas, mas também as ruas áridas, no contexto do Recife da emergência climática.

Passamos a fazer registro, aqui, de ruas totalmente áridas. Ou seja, sem uma árvore sequer. E, andando pelo centro, é o que mais se vê, inclusive em bairros como Santo Antônio e Boa Vista, embora neste ainda restem alguns corredores verdes, como a Rua Dom Bosco. Mas olhem só a situação da Rua Rosário da Boa Vista. Que tristeza…

Como se não bastasse a decadência do Centro, as autoridades não se preocupam em arborizar as ruas.

De colorido da natureza, só mesmo os frutos da carroça, tipo de comércio ainda vigente no bairro e que nos remete ao início do século passado, quando as cozinhas eram abastecidas em mercados públicos ou assim, no porta a porta. A Rosário da Boa Vista, em toda a sua extensão, não possui uma só árvore que dê um pouco de conforto térmico aos comerciantes e pedestres que circulam pela região. Já tínhamos feito referência ao problema da via, mas com o verão,  ele se torna ainda mais evidente.

Essa aridez, uma verdadeira fábrica de ilhas de calor, no entanto, não é exclusivo da Rosário da Boa Vista. Voltamos a ela, porque a situação é cada vez pior.  É verdade que a rua é estreita, mas há espécies que se adaptam a espaços menores.  Na série #RecifeEmergênciaClimática já foram listadas  ruas que não possuem uma, umazinha árvore sequer. Entre elas: Rua Marquês do Recife, Camboa do Carmo, Carioca e Nova (Santo Antônio);  Rua Barbosa Lima Sobrinho (Espaço R.U.A) e Rua Apolo (Bairro do Recife); Rua das Calçadas (São José); Rua do Aragão (Boa Vista); Rua Lauro Montenegro (Espinheiro).

Leia  também:
#RecifeEmergênciaClimática (7)
#RecifeEmergênciaClimática (1)
#RecifeEmergênciaClimática (2)
#RecifeEmergênciaClimática (3)
#RecifeEmergênciaClimática (4) e Covid-19 na Festa do Carmo
#RecifeEmergênciaClimática (6)
#RecifeEmergênciaClimática (5)
Recife árido: Emergência Climática
Emergência climática: Recife mais verde é balela. ParemDeDerrubarÁrvores

Arboricídio mobiliza Câmara Municipal
Contra as clareiras do Espinheiro
Espinheiro quer túneis verdes
Compensação pelo arboricídio
Lei para conter o arboricídio
Recife árido: Emergência Climática
Emergência climática: Recife mais verde é balela. ParemDeDerrubarÁrvores
Emergência climática no currículo
Parem de derrubar  árvores (32)
Parem de derrubar árvores (86)
Parem de derrubar árvores (96)
Parem de derrubar árvores (165)

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.