Metralhas na margem do Capibaribe foram colocadas pela Prefeitura. Pode?

O #OxeRecife já alertou sobre o exagero de lixo formado por restos de construção – aliás, uma verdadeira montanha de metralhas – à margem do Rio Capibaribe, ao lado do Supermercado Carrefour, na Torre. Também vi na grande imprensa leitores indignados reclamando desse crime ambiental. Só no Jornal do Commercio, foram duas reclamações em poucos dias. Ambas com fotos. Eles cobraram da Autarquia de Limpeza Urbana e Manutenção (Emlurb) uma posição. Quando noticiei aqui no Blog o descalabro, procurei a empresa para uma explicação. Mas ela não veio até hoje. Tenho acompanhado, também, a secção A Voz do Leitor, no JC, em busca de resposta oficial às reclamações ali publicadas.  Zero! Mas o motivo do silêncio é simples. A montanha de metralhas que tem deixado o cidadão comum indignado foi colocada ali pela…  Emlurb.

Ou seja, pela Prefeitura que trabalha na requalificação de calçadas na área e também em obras para contenção de alagamentos. A montanha de pedaços de concreto, tubulações, tampas de sarjeta é tão grande, mas tão grande, que já começou a engolir uma árvore. Tudo ali, ao lado da Ponte Viaduto Casa Forte – Torre. Na minha caminhada matinal, nesta semana, fiz a curva a pé sob o Viaduto. E observei que tem um canteiro de obras montado ao lado da montanha de entulhos. E de que é o canteiro? É o local onde se guardam máquinas e materiais utilizados na requalificação das calçadas e substituição de tubulações na Rua José Bonifácio e outras próximas. Os serviços geraram – claro – montanhas e montanhas de entulhos. Entrei no canteiro de obras e observei que as pedras ali acumuladas e outros materiais  são as mesmos usadas na reforma.

Montanha de metralhas, ao lado do Carrefour (Torre) e à margem do Capibaribe choca o cidadão de bom senso.

Então fui chegando de mansinho, como quem não quer nada,  vi trabalhadores e indaguei de onde era aquela montanha (imoral) de detritos, que está quase matando uma árvore e “vazando” para o leito do Rio Capibaribe. Eles me disseram  que as metralhas à margem do Capibaribe pertenciam à Prefeitura, que receberam ordem para depositá-las naquele local (totalmente inadequado) e que “a máquina vai retirar dali”. Retirar? Ninguém sabe quando. Deve ser na próxima gestão. Porque há pelo menos dois meses que a bagunça está feita.

Ou seja, uma situação muito triste e uma forma de dar dó de se tratar o Capibaribe, já tão castigado com esgoto doméstico, dejetos industriais, e lixo de toda sorte, de plásticos a sucatas de Tv. E agora, com a margem do rio servindo de local para depósito oficial de tralhas e metralhas. Sinceramente, uma gestão pública que trata assim um rio tão generoso e que sobrevive a tantas agressões, a gente vai esperar o quê?  Também sobraram restos de obras realizadas  na Avenida Beira Rio, ao lado da ponte que passou por conserto.  Ou seja, está faltando atitude de quem deveria dar o primeiro bom exemplo. Um bom gestor cuida da cidade como cuidaria da própria casa.

Leia também:
Lixo oficial na margem do Rio Capibaribe
A voz do eleitor: cidade limpa, justa e muito bem cuidada
Chame, chame a… delegada: Mudança já, oligarquias e equívocos
A Voz do eleitor: Saneamento, educação, saúde, patrimônio protegido
A voz do eleitor: “Quero a volta do orçamento participativo”
A voz do eleitor: “Gestão inclusiva, justa e participativa”
A Voz do eleitor: Espero competência, honestidade, dignidade
Campanha política ignora pandemia

Eleições municipais, 2020: Pernambuco tem 1.140 fichas sujas
Você está feliz com o Recife?
O índice de felicidade urbana do Recife
Viva 2018, Recife
O Recife que queremos, em 2019
Recife, cidade parque em 2037
Por um Recife melhor em 2020
Aos 483, o Recife é lindo?
Recife se prepara para os 500 anos
Uma cidade boa para todo mundo
Detonadas as margens do Capibaribe
Parem de derrubar árvores (na Aurora)
Praças estão à míngua no Recife
Pátio de São Pedro está sendo pilhado
Que horror, Pátio de São Pedro fica sem os lampiões
Cadê os lampiões da Ponte Velha?
Surrupiados  lampiões da Ponte Velha
Que breu é esse na Torre de Cristal?
Bairro de São José: O Haiti não é aqui
Recife e Salvador: Qual o pior metrô?
Os verdes gramados de Salvador
Salvador não está jogada como o Recife
O Recife leva banho de Salvador, no quesito limpeza

Apipucos: Adeus às antigas luminárias 

Cadê a fiscalização em Boa Viagem?
Prefeitura destrói área protegida. Pode?
Prefeito destrói mata e pede acordo
Senhor prefeito, cuide do Recife

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.