A voz do eleitor: “Espero competência, dignidade, honestidade”

A cada eleição, a cena se repete. O que mais se vê em ruas, mercados públicos, feiras livres, favelas, é candidato pedindo voto. Muitos dos quais só aparecem junto da população, quando a eleição se aproxima. Passou o pleito, correm dos problemas da cidade como o diabo da cruz.  E também é época em que não falta é promessa.

Todos os dias, os jornais estão repletos de publicações com muitas promessas e poucas propostas. Então o #OxeRecife faz o caminho inverso. Ao invés de correr atrás dos candidatos, corre atrás da população, para que esta se manifeste sobre duas questões: Qual o Recife que você quer? E o que espera do próximo Prefeito?

É a Sessão A Voz do Eleitor, que começa com a assistente social  Sofia de Paula Lopes, moradora do Derby.

“O Recife que eu quero é uma cidade sustentável, que preza pela qualidade de vida de seus habitantes.  Uma cidade sustentável deve focar no transporte, gestão de resíduos, reflorestamento das áreas desmatadas e despoluição de rios e córregos. Eu quero o Recife voltado para a conservação e manutenção do meio ambiente, preservando-se as áreas verdes, plantando árvores e mais árvores. Quero um Recife verde, que te quero verde. O Recife não precisa de obras faraônicas, mas de cuidados primários como limpeza das vias públicas, manutenção de calçadas, praças e parques. O Recife precisa de uma grande faxina… uma cidade bela mas tão descuidada. 

Do  próximo gestor da cidade, espero que tenha consciência da importância do cargo, assumindo com responsabilidade, honestidade e dignidade a competência da missão. E que que garanta mobilidade urbana eficiente e essencial para a população de baixa renda. Que resolva o problema dos resíduos sólidos, relativamente equacionado como coleta mais insolúvel quanto ao destino final. Que tenha uma gestão eficiente e transparente dos recursos hídricos e do saneamento. Que ofereça água de qualidade sem esgotar os mananciais . Que solucione o terrível problema da poluição visual do Recife, através do embutimento da fiação. Que acabe, definitivamente, com os gelos baianos, promessa  – aliás – feita pelo atual gestor e jamais cumprida.  

Leia também:
Campanha política ignora pandemia
Eleições municipais, 2020: Pernambuco tem 1.140 fichas sujas
Você está feliz com o Recife?
O índice de felicidade urbana do Recife
Viva 2018, Recife
O Recife que queremos, em 2019
Recife, cidade parque em 2037
Aos 483, o Recife é lindo?
Recife se prepara para os 500 anos
Uma cidade boa para todo mundo

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Acervo pessoal

Compartilhe

2 comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.