#RecifeEmergênciaClimática (6): Aragão e Rosário da Boa Vista

Além da nossa campanha #ParemDeDerrubarÁrvores – por conta do descalabro em que se transformou a política de arborização da nossa cidade – o #OxeRecife  também vem acusando um outro problema cada dia mais frequente e, portanto, mais grave na capital: as ruas peladas, completamente desprovidas de qualquer sinal de verde.

O que, claro, contribui para o aumento das ilhas de calor em bairros que vêm se transformando em verdadeiras selvas de concreto. E a Boa Vista, infelizmente, é um deles. São muitas, mas muitas mesmo, as vias que não possuem um canteiro, um jarro, uma folhinha sequer. Como se já não bastasse a degradação daquele que é um dos mais antigos e tradicionais bairros do centro.

O mais importante local de comércio de móveis no passado, Rua do Aragão está degradada e sem verde nenhum

Já percebia isso há algum tempo. Mas na semana passada, fazendo uma caminhada com o Grupo Bora Preservar, deu para perceber que a situação vem se agravando. Principalmente em ruas próximas à Praça Maciel Pinheiro que, embora com importância artística e histórica, mais parece um chiqueiro. Como, aliás, ocorre com muitas praças do Recife, totalmente relegadas ao abandono. O que é uma pena, porque ela é linda. A sua vegetação também carece de cuidados.

Na caminhada, várias são as artérias sem nada que lembre esforço de arborização do poder público. Duas delas, bem movimentadas  devem estar em fase de elevação de temperatura. Não possuem uma sombra sequer. São a Rosário da Boa Vista  (onde estão instaladas pequenas lojas) e do Aragão (essa tradicional ponto de comercialização de móveis). Estão com calçadas péssimas, sem nada que as humanize e sem uma árvore sequer. É verdade que as calçadas não são largas, mas também existe vegetação adequada para pequenos espaços em áreas públicas.

Leia também:
#RecifeEmergênciaClimática (5)
Arboricídio mobiliza Câmara Municipal
Contra as clareiras do Espinheiro
Espinheiro quer túneis verdes
Compensação pelo arboricídio
Lei para conter o arboricídio
#RecifeEmergênciaClimática
#RecifeEmergênciaClimática (1)
#RecifeEmergênciaClimática (2)
#RecifeEmergênciaClimática (3)
#RecifeEmergênciaClimática (4) e Covid-19 na Festa do Carmo
Recife árido: Emergência Climática
Emergência climática: Recife mais verde é balela. ParemDeDerrubarÁrvores
Emergência climática no currículo
Parem de derrubar  árvores (32)
Parem de derrubar árvores (86)
Parem de derrubar árvores (96)
Parem de derrubar árvores (165)

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.