Fórum Socioambiental apresenta projetos para APA Aldeia Beberibe

Criado há 17 anos e tendo como objetivo principal fortalecer a luta pela preservação da APA Aldeia Beberibe, o Fórum Socioambiental de Aldeia  faz reunião online na terça-feira (15/9) para discutir a situação da APA, que abrange áreas de oito municípios da Região Metropolitana: Paudalho, Camaragibe, Recife, Paulista, Abreu e Lima, Igarassu, Araçoiaba e São Lourenço da Mata.

Porque é importante discutir os destinos da APA? Porque a Aldeia Beberibe é “somente” a maior reserva de Mata Atlântica de Pernambuco.  Possui 31.634 hectares e o seu território  representa nada menos de 20 por cento do que resta daquele sofrido bioma no Estado.  Nela, encontram-se nada menos de 646 espécies vegetais, sendo 44 endêmicas da Mata Atlântica.

E tem uma fauna ainda rica: pelo menos 295 de aves, 73 de mamíferos (inclusive essas coisas lindas das fotos), 52 de répteis e 35 de anfíbios. A APA foi oficialmente criada há uma década, e é gerida pela Agência Estadual do Meio Ambiente (Cprh), mas nada se constrói sem participação da comunidade. Até porque a APA sofrem constante pressão da especulação imobiliária e é vítima até mesmo da  irresponsabilidade de alguns gestores públicos.  No encontro virtual, serão divulgados projetos do Fórum que estão em andamento e dos quais a população interessada pode participar.


O horário da live será 19h e, para se conectar basta clicar no link 
https://us02web.zoom.us/j/85825262509. A informação é da jornalista e ambientalista Mila Portela, vice-presidente do Fórum.

Leia também:
Ecoverdejante: Trilhas pelas matas
Parem de derrubar árvores (em Aldeia)
Parem de derrubar árvores (em Camaragibe)
Apa Aldeia Beberibe: Devastação de bioma em extinção
Pulmão do Recife, Apa Aldeia Beberibe completa década
Prefeitura destrói área protegida. Pode?
Prefeito destrói  mata e pede acordo
Desmatamentos ilegais em Aldeia
Novos desmatamentos em Aldeia
Aldeia tem novos desmatamentos
As matas de cimento de Paulista
As riquezas da Mata Atlântica
Mata Atlântica: Corredores ecológicos
Parem de derrubar árvores (baobá degolado em Paquetá)
Parem de derrubar árvores  (em SP)
Dia da Árvore: a “vovó” do Tapajós
Viva a árvore mágica, no Dia do Baobá
Parem de derrubar árvores (na Av. Anita Garibaldi)
Parem de derrubar árvores (na Bahia)
Parem de derrubar árvores (no Pará)
Parem de derrubar árvores (no Sertão)
Parem de derrubar árvores (em Olinda)
Parem de derrubar árvores (em Olinda) 1
Parem de derrubar árvores ( 127)

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto:  Cprh / Acervo #OxeRecife e Ecoverdejante (Redes Sociais)

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.