Caminhadas Domingueiras: Passeio do Estilo Colonial ao Moderno Bossanovista

Elas estavam cada vez mais disputadas. Mas as chamadas Caminhadas Domingueiras encontram-se suspensas desde o início da pandemia e ainda não contam com data marcada para a retomada. Mesmo assim, acabam de render um fruto, que provavelmente vai despertar o interesse de todos aqueles que curtem explorar a cidade a pé. Vem aí um livro sobre os oito estilos arquitetônicos do Recife. Ele deve ser lançado quando baixar a poeira espalhada pela Covid-19, mas no próximo domingo serão antecipadas para o público preciosas informações sobre o trabalho, que traz inovações quanto às costumeiras classificações acadêmicas sobre o assunto. Por exemplo, você sabe o que é estilo Art-Déco Estadonovista na nossa arquitetura? Já ouviu falar no Neocolonial Passadista? E  sobre o Modernismo Bossanovista?

O livro Caminhada pelos Estilos Arquitetônicos do Recife com Visão Panorâmica a partir das Caminhadas Domingueiras (que faz incursão pelos oito estilos presentes em nossa cidade), vem sendo produzido a seis mãos por Francisco Cunha e Rafael Dantas (textos) e Rivaldo Neto (design). E no próximo domingo (13/9), o público terá oportunidade de fazer um passeio virtual por muitas das pérolas e relíquias dos diversos estilos arquitetônicos do Recife. Depois de concluída a produção de textos e selecionada a iconografia, o livro ganhará edição física. Um a mais para você manter na estante. O volume será ilustrado por fotografias antigas e também por aquelas produzidas pelos caminhantes, durante os percursos das Domingueiras. Anote o horário e o local da live sobre a futura publicação:  8h30m ,  no YouTube no link caminhadasdomingueiras.algomais.com.

Dois exemplos de estilo neoclássico imperial: Teatro Santa Isabel (rosa)  e o Ginásio Pernambucano (vermelho) .

Como falei, Francisco Cunha traz algumas inovações quanto aos conceitos, nomenclaturas, definições sobre nossos estilos arquitetônicos. “Não tenho compromisso com o rigor acadêmico”, afirma o urbanista. “Tenho sim com o que se vê na rua e com uma interpretação da forma como os regimes políticos de apropriaram dos estilos arquitetônicos”, explica. E confidencia: “Acho que o que estamos propondo é original”. Os passeios guiados ocorrem sistematicamente desde 2007, com frequência mensal. E são muito instrutivos, pois o nosso coordenador e guia tem preocupação quase didática de nos transmitir informações importantes sobre a história e a arquitetura da cidade.

As Caminhadas terminam por nos nos ensinar a valorizar  mais o passado e o presente da nossa cidade, como também a identificar melhor as origens históricas e políticas do nosso patrimônio histórico e arquitetônico. Sim, a política, a história e a arquitetura estão entrelaçados. Os oito estilos descritos no livro e que serão abordados na live estão assim classificados: Colonial Maneirista (séculos 16 e 17, Brasil Colônia); Barroco Religioso (século 18, Brasil Colônia); Neoclássico Imperial (século 19, Império, foto acima); Arquitetura do Ferro (século 19, Império – República); Neocolonial Republicano (século 19/20 – República Velha); Neocolonial Passadista (início do século 20, República Velha); Art Déco Estadonovista (início do século 20, Estado Novo); Modernismo Bossanovista (meados do século 20, Pós-Vargas). Posteriormente o #OxeRecife vai retornar ao assunto, trazendo as descrições by Caminhadas Domingueiras para cada um desses estilos. E lembrem-se: Acompanhem a live.

Leia também:
Mergulho no estilo neocolonial no Recife
Art Déco: Miami ou Recife?
A República e o estilo eclético no Recife
Aluga-se um belo prédio na Bom Jesus
O charme dos prédios da Bom Jesus
Derby: eclético, art déco, modernismo
Lembram dele? O caso do prédio que teve duas fachadas simultâneas
Os gelos baianos e a revolução de 1930
Os primeiros das Américas
O Sertão urbano do Benfica
Praça Dom Vital de roupa nova
Pátio de São Pedro está sendo pilhado
Silenciosa relíquia do tempo de Nassau
Sinos novos na Basílica do Carmo
Uma pérola na comunidade do Pilar
O ferro na arquitetura do Recife
Rua da Conceição e relíquias religiosas
Matriz de Santo Antônio: Xô, vândalos
Ginásio Pernambucano no Olha! Recife
Passeio por três séculos de história
Um passeio pela história do Recife
Bairro do Recife em discussão
Dê o Recife de presente ao seu  papai

Serviço:
O quê:  Live do Grupo Caminhadas Domingueiras
Tema: Caminhadas pelos estilos arquitetônicos do Recife
Com quem: Fernando Diniz (Professor de Graduação e Pós-Graduação de História da Arquitetura); Francisco Cunha (arquiteto, urbanista, consultor e guia das Caminhadas Domingueiras); Rafael Dantas (repórter da revista Algomais); Rivaldo Neto (designer e editor de arte da Algomais).
Quando: Domingo (13/09), às 8h30m
Onde: Canal das Caminhadas Domingueiras no YouTube
Obs: entrar pelo link caminhadasdomingueiras.algomais.com

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.