Bom Jesus ganha moldura para selfies

Indicada pela Architectural Digest –  importante publicação dos Estados Unidos – como um dos endereços mais bonitos do mundo, a Rua do Bom Jesus tende a ser ainda mais procurada por turistas embora, às noites, se transforme em um deserto com oferta escassa de diversões ao contrário do que ocorre em outras áreas históricas que foram revitalizadas, tanto no Brasil quanto no exterior. Realmente a preservação dos seus sobrados e o fato de não ter ganhando nenhum espigão  contribuem para que se mantenha a beleza de sua paisagem simétrica e secular.

É natural, portanto, que turistas aproveitem a passagem pela Bom Jesus, no Bairro do Recife, para tirar fotografias. A Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer acaba de instalar em uma das extremidades da rua uma moldura específica para que os visitantes possam posar e garantir os seus cliques na localidade.  Em local bem estratégico que explora a arquitetura da via, a moldura fotográfica foi instalada na noite da quarta-feira (26). segundo informa a Prefeitura.

Na moldura, a frase: “Rua do Bom Jesus. Eleita como uma das mais bonitas do mundo” (mais uma informação para as próximas edições do livro 101 Manias de Grandezas de Pernambuco, de Evandro Duarte de Sá).  A moldura tem dois metros de altura, com um espaço de 1x1m para as pessoas posarem. A atração principal, a Rua do Bom Jesus, claro, fica ao fundo, compondo o retrato. “Assim, cada um só vai precisar escolher a pose que quer deixar na lembrança e garantir a memória perfeita”, diz a Seturel. A Rua do Bom Jesus é considerada a mais antiga da cidade. E é assim chamada por causa do arco de Bom Jesus, que existia como porta de entrada da cidade (que infelizmente  só resta nos livros sobre o passado da cidade).

Ali também está abrigada a estátua de Antônio Maria, cronista, locutor, produtor de rádio, caricaturista, compositor e repórter, ser o pai de canções como o Frevo Nº 1 do Recife e ainda Valsa de uma Cidade. É ainda na Rua do Bom Jesus que está situada a Sinagoga Kahal Zur Israel, a primeira sinagoga das Américas, fundada no século 17.  Aos domingos, a tradicional Feirinha do Bom Jesus é montada, com venda de artesanato e produtos diversos. As barracas estão adequadas aos protocolos de segurança sanitária e preparadas para receber o público das 14h às 20h.

Leia também:
Aluga-se belo prédio na Bom Jesus
O charme dos prédios da Bom Jesus
Re-Use no Inciti, na Bom Jesus
Bairro do Recife em discussão
Olha! Recife explora arquitetura da cidade: o neoclássico e estilo eclético
Sessão Recife Nostalgia: Maurisstad, Arcos e boi voador
Conheça o Recife através dos tempos
Letreiros viram marcas no Recife
Boa Viagem tem #Xodó
Boa Viagem terá bancos novos
Roda gigante no Marco Zero vira um sucesso
Os primeiros das Américas
Passeio por três séculos de história
Um passeio pela história do Recife
Art Déco: Miami ou Recife
Livro mostra mania pernambucana de grandezas

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Maurício Ferry / PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.