Jaguatirica resgatada na Zona Norte

Coisa mais linda, essa jaguatirica (Leopardus pardalis). Ela vivia solta entre as árvores da Mata Atlântica, no interior do Parque Estadual Dois Irmãos, que fica na Zona Norte do Recife. Tinha ferimentos, quando foi  encontrada por um tratador do Pedi. Estava ao lado do prédio onde funciona o setor de nutrição do Pedi. Bicho sábio. Parecia procurar socorro. Esteve durante seis dias em tratamento no hospital veterinário do Parque. Hoje à tarde (26/8), ele deve ser devolvido à natureza. São e salvo. Viva!

Nativo, a jaguatirica é um felino de pequeno porte e sua pelagem lembra a de uma onça, com quem é confundido. O achado no Pedi é um macho adulto e está saudável. “Provavelmente, ele chegou próximo ao prédio por curiosidade, se perdendo na hora da saída. Como notamos que estava ferido, decidimos resgatá-lo e tratar as lesões que tinha no rosto”, conta o responsável técnico do Parque de Dois Irmãos, Márcio Silva, que também é médico veterinário.

A equipe fez uma bateria de exames. Eles foram necessários para diagnosticar as causas das lesões e definir a melhor maneira de tratar os ferimentos. Foi constatado que não se tratava de nada infeccioso e o animal foi medicado. “Além de cuidar dos animais do zoológico, a gente se dedica também aos os animais da Unidade de Conservação. A prioridade é o bem-estar dos animais e a proteção da biodiversidade da área”, acrescenta Márcio.

Animal foi socorrido no Parque Estadual e Dois Irmãos e hoje volta à natureza, são e salvo. Ainda bem.

Por ser um animal de vida livre, a jaguatirica agora será solta na própria Unidade de Conservação de Proteção Integral do Parque, que possui uma área de 1.158,51 hectares de Mata Atlântica protegida, localizada na Região Metropolitana do Recife. Ela será devolvida à natureza no início da noite da quarta (26), em um ponto afastado do zoológico, de forma a proporcionar maior conforto para o animal durante o procedimento.

A Jaguatirica é  animal silvestre e protegido por lei. Caçá-lo ou manter indivíduo em cativeiro é crime ambiental.  No caso de se defrontar com um animal da espécie, é preciso avisar à Semas-PE ou a Cprh, a quem cabe o resgate, o cuidado e a preparação de animais silvestres para o retorno à natureza. A jaguatirica é uma espécie de felino que costuma marcar seu território e pode ser encontrada praticamente em todos os biomas do território nacional, menos na região dos pampas do Rio Grande do Sul. Tem hábitos solitários e predominantemente noturnos. Durante o dia, costuma ficar em ocos de árvores ou em arbustos. Esse felino possui também grandes habilidades para subir em árvores, saltar e nadar.

Leia também:
Gato mourisco confundido com bichanoé socorrido pela Cprh
Gato mourisco é atropelado
Achado bebê Diego já é um rapaz
Onça bebê é resgatada no Sertão
Pedreiro salva capivara empurrando carro de mão por oito quilômetros
Capivara resgatada volta à natureza
Animais: “Eles precisam de nós”
Pandemia e volta das capivaras
Capivara assustada e ferida no mar
Capivara resgatada volta à natureza
Pedreiro salva capivara,empurrando carro de mão por oito quilômetros
Capivara é resgatada em Olinda
Capivaras aparecem no asfalto perto na Jaqueira
Longa viagem para salvar raposas
Animais voltam à natureza na pandemia

Bichos amargam solidão na pandemia e mudam comportamento no zoológico
Pandemia: Minha vida com os saguis

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Lu Rocha /Divulgação / Semas PE

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.