Pandemia: “A luta pela sobrevivência dos negócios está apenas começando”

Criado no momento mais dramático  economia, quando parou no Estado a maior parte das atividades produtivas devido à pandemia, o Movimento Pró-Pernambuco (MPP) deu mais um passo, para se consolidar: acaba de escolher o seu primeiro presidente, o empresário Avelar Loureiro Filho, 54 anos. Ele tem importante missão pela frente, como a de estruturar e executar uma agenda bem mais ampla, voltada não apenas para os desafios gerados pela Covid-19, mas também a de garantir ao empresariado protagonismo no planejamento local de médio e longos prazo.

“Cabe a nós, empreendedores pernambucanos, aproveitar a força solidária que criamos no MPP, para pensar em uma recuperação consistente da atividade econômica”, diz. “Para isso, nossa pauta terá que ser cada vez mais no sentido de elegermos prioridades estruturadoras, contribuirmos com o planejamento e propormos ações e projetos juntos com os diversos níveis da área governamental, academia e sociedade civil organizada”, afirma. “A palavra-chave da nossa proposta é corresponsabilidade”, ressalta.

Avelar Loureiro Filho tem sólida expertise nas áreas de desenvolvimento urbano, shopping centers e carcinicultura. Graduado em engenharia civil e economia e com cursos de mestrado em engenharia da produção e administração, ele atua em vários negócios, como a ACLF Empreendimentos, o Paulista North Way Shopping e no agronegócio, por meio da Camarave. Ele lembra o papel que os desempenham no atual cenário, com foco na reação à crise da pandemia, engajamento com a sociedade e compromisso com a vida, a saúde e a manutenção dos empregos.

“Os empreendedores pernambucanos estão dando um grande exemplo ao país de responsabilidade no processo de convívio com a pandemia. Nossas atividades têm entrado em funcionamento há dois meses e os números da covid-19 têm caído consistentemente”, avalia. “Estamos consolidando um ciclo importante de enfrentamento do coronavírus, mas a luta pela sobrevivência dos negócios e preservação dos postos de trabalho está apenas começando”, acrescenta.

Leia também:
Todo Cuidado na hora de comprar
Ação solidária no Cabo e em Ipojuca
Pandemia: Ação do bem se amplia
Shopping centers amplia horários
A arte de fazer arte na pandemia
Comitê gestor para os jardins históricos
Reforço para pequenos produtores
Processo de tombamento atrapalha planos de Atacado dos Presentes
Nova normalidade com inspeção em bares
Vem dinheiro para os quiosques da orla
Liberados bares, restaurantes e praças de alimentação

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto:  MPP / Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.