“Aurora de Estrelas” para moradores de rua da Aurora: “Escola Invisível”

Uma das mais icônicas do Recife, porém não tão bem cuidada como deveria, abandonada pelo poder público e com seus coretos e praças tomados por famílias sem teto – situação que se agravou com a pandemia – a Rua da Aurora virou alvo de mais uma etapa do Projeto Aurora de Estrelas, que leva pessoas em situação de rua à Escola Invisível, oficina de arte e pintura. O trecho beneficiado é aquele que fica do lado do Bairro de Santo Amaro.

A ação é encabeçada pelo artista Manoel Quitério, 34 anos. Teve início na segunda-feira (10/8) e prolonga-se até o próximo domingo (16/8). Ele afirma que, com a iniciativa, pretende democratizar a arte, levando-a onde ela nunca chega. Os trabalhos ocorrem em um dos graciosos coretos daquela via, localizada no centro, à margem do Rio Capibaribe. “Através desse desejo chegamos aqui na população que vive na Rua da Aurora. Esse coreto é um local que era tradicionalmente um lugar de poesia, de ensinamento, de articulação política, de todo tipo de evento”, afirma.

Fazer arte, no entanto, não é o único objetivo da iniciativa, mas também  educação e empreendedorismo para quem vive nas ruas da localidade e tem o coreto como único abrigo. Durante os dias de oficina, os participantes ganham máscaras descartáveis, luvas, além de outros acolhimentos voltados ao bem-estar e saúde dos que residem neste lugar.

“A intenção é reintegrar alguns moradores que vivem aqui na Aurora, inserindo-os no mercado de trabalho e também na sociedade,”diz Jeff Alan, artista visual de 29 anos, que há um é parceiro do projeto.  “Acreditamos que  a arte é uma ferramenta importante de integração social, não só do ambiente, como estamos fazendo aqui, mas de vidas. A arte transforma e salva vidas”, garante. Vivendo dias de exclusão social – é morador do coreto –  Heber de Oliveira, de 28 anos, se diz bastante feliz e empolgado com a ação do coletivo. “Esse projeto representa a ascensão da minha vida, um ponto de partida para eu mudar de vida”, destaca. O grupo pretende realizar outras intervenções em alguns espaços públicos do Recife, e com isso, contam com o apoio e ajuda de outros parceiros, empresários e admiradores da arte como um todo no país.

Leia também
Livro em quadrinhos sobre Santo Amaro
O Recife pelas lentes de Fred Jordão
Lembram do fícus da Rua da Aurora?
Fícus assassinado tem reposição
Cineasta luta pela sede da Aurora Filmes
Risco de travessia na Rua da Aurora
Urbe-se movimenta a urbe recife e Rua da Aurora
Aurora dos carnavais na Rua da Aurora
Quando a Aurora vira Aurore
Aurora Dia e Noite, uma lady
Parem de derrubar árvores (45)
Lembram do ficus da Aurora?
Ficus assassinado tem reposição
Parem de derrubar árvores (na Rua da Aurora)
Detonadas as margens do Capibaribe
Ginásio Pernambucano no Olha!Recife

Mais informações: @auroradasdeestrelas

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: NicaSan_Art

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.