Sessão Recife Nostalgia: Cine Drive-in

Quem não se lembra dos cinemas ao ar livre que funcionaram no Recife no século passado? O primeiro foi inaugurado em 1976, em terreno do antigo Aeroclube, no Encanta Moça, no Bairro do Pina, que fica vizinho a Boa Viagem, na Zona Sul. Em pouco tempo, o local passou a ser disputado principalmente por casais românticos, que assistiam aos filmes sem precisar sair do carro. E aproveitavam o aconchego do carro e o escuro da noite para tirar uma “casquinha”, em tempos em que motéis eram raros e pouco recomendáveis às “moças de família”.

E o conforto era grande. Para fazer algum pedido, bastava piscar a luz do farol do carro uma vez, no estacionamento repleto de simcas, fuscas, corcéis, vemaguetes, gordines, opalas, brasílias. Lembram deles? Para pedir a conta, bastava piscar o farol duas vezes.  Alguns anos depois, era inaugurado  o Autocine Joana Bezerra, em terreno onde fica hoje o Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, e cuja área comportava nada menos de 240 veículos. Entre os inesquecíveis filmes ali exibidos estão A Lagoa Dourada e Bye Bye Brasil. O primeiro, um clássico americano. O segundo, um clássico brasileiro.

No Recife, no entanto, tinha outro Drive-in famoso, cujo nome era este mesmo. Ficava no bairro do Derby, e não era cinema, mas um bar. Vinha a ser o único do Recife, onde as pessoas podiam ser servidas sem sair do carro. E agora? Sem cinema, teatro nem praia, quando a população começa a se ressentir da falta de diversão, a volta do drive-in começa a ser uma possibilidade concreta, por conta da pandemia.  No Recife o sistema está perto de ser uma opção da “nova normalidade”. É que  empreendedores  da cidade já têm mostrado seu interesse em executar projetos semelhantes ao recém implantado e que vem fazendo sucesso no Rio de Janeiro. A Prefeitura anunciou hoje que dará autorização para a realização de eventos deste porte, que deve passar pelas Secretarias de Turismo, Esportes e Lazer do Recife e também de Mobilidade e Controle Urbano.

“Recife está seguindo uma tendência mundial, com muita segurança, respeitando todos os protocolos e cuidados. Esta é mais uma ação para promover o entretenimento e o lazer para a população”, coloca a secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife, Ana Paula Vilaça. Interessados na atividade podem solicitar um alvará de localização e funcionamento no site de Licenciamento Urbano da Semoc https://licenciamento.recife.pe.gov.br. “Os drive-ins são uma opção para ajudar as pessoas a ter lazer, saindo de casa de forma segura. Algumas empresas já se manifestaram para a realização de eventos do tipo e já têm planos para o mês de julho, em áreas estratégicas em que será possível garantir o controle de veículos e também a segurança de todos”, informa a Seturel. “A ideia é promover uma opção de lazer diferente com a projeção de filmes e palestras por e exemplo”, diz Vilaça.

Leia  também:
Sessão Recife Nostalgia: Teatro Santa Isabel e a luta abolicionista
Sessão Recife Nostalgia: Herculano Bandeira e os jagunços do Palácio
Sessão Recife Nostalgia: pastoril, Villa Lobos, e piano na Casa do Sítio Donino
Sessão Recife Nostalgia: Beco do Veado e outros becos
Sessão Recife Nostalgia: Solar da Jaqueira
Sessão Recife Nostalgia: a Viana Leal
Sessão Recife Nostalgia: os cafés do século 19, na cidade que imitava Paris
Sessão Recife Nostalgia: os banhos noturnos de rio no Poço da Panela
Sessão Recife Nostalgia: Maurisstad, arcos e boi voador
Sessão Recife Nostalgia: Ponte Giratória
Sessão Recife Nostalgia: Quando a Praça do Derby era um hipódromo
Sessão Recife Nostalgia: O parque Amorim e a lenda do Papafigo
Sessão Recife Nostalgia: a coroação da Rainha do Recife e de Pernambuco
Sessão Recife Nostalgia: Casa de banhos e o fogo das esposas traídas
Sessão Recife Nostalgia: o Restaurante Flutuante do Capibaribe
Sessão Recife Nostalgia: Sítio Donino e seu antigo casarão ameaçado

Texto:  Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Facebook / Recife de Antigamente

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.