Covid-19 avança no interior mas governo diz que números estão caindo

Nessa segunda-feira, começou mais uma etapa do Plano de Convivência com a Covid-19, que prevê flexibilização das medidas restritivas e reabertura gradativa das atividades econômicas. No entanto, em 85 municípios da Zona da Mata e do Agreste, o comércio e atividades consideradas não essenciais permanecem fechados. E as autoridades sanitárias têm motivos para a precaução: é que a Covid-19 está se interiorizando cada vez mais. Em abril, o Recife respondia por 71 por cento dos casos da doença no estado.  Em junho a situação se inverteu, com a capital com 34 por cento dos infectados pela pandemia.

“O inverso aconteceu com os demais municípios, que partiram de 29% em abril e passaram a responder por 66% de todos os novos registros da doença no estado em junho”, afirma Wayner Vieira, estatístico e epidemiologoista da Fiocruz no Recife. Seus estudos tomam por base os dados disponibilizados até 06 de junho, pela Secretaria de Saúde de Pernambuco. Foram incluídas no estudo as informações referentes a moradores do estado atendidos na rede de saúde pernambucana no período. Os atendimentos referentes a moradores de outros estados ou países não foram incluídos nessa análise.

O trabalho se dividiu em quatro intervalos consecutivos, que permitem observar o deslocamento da maior incidência da covid-19 para fora da capital, em direção ao interior do estado. Até 4 de abril, o Recife concentrava 71% e os demais municípios contabilizavam 29%.  No intervalo seguinte (5 a 25 de abril) a capital passou a ter 55% dos novos casos.  E o restante da Região Metropolitana (RMR) e interior, 45% no período. De 26/04 a 16/05, os novos casos ficaram distribuídos assim: 49% no Recife e 51% nos demais. No último intervalo observado (17/05 a 06/06) a capital respondeu por 34% dos casos, enquanto a fatia dos demais municípios representou 66%.

A partir desses resultados, Vieira destaca a flagrante interiorização da epidemia, com acelerado crescimento do número de casos em residentes no interior. “O que traz como consequência o aumento da demanda assistencial, face à pequena disponibilidade de leitos hospitalares, principalmente de UTI, nessas regiões”, explica. Ou seja, enquanto no Recife já se registra menor demanda por leitos inclusive de UTI, no interior eles começam a ser mais necessários agora.  Um desafio para ser enfrentado pelo sistema de saúde do estado e dos municípios. O comparativo dos números absolutos permite também perceber o crescimento acelerado nesse período.

No Recife, o acumulado dos casos cresceu de 156 em 4 de abril para 16.909 em 6 de junho, um aumento de 108 vezes em relação ao número inicial. Enquanto isso, o total nos demais municípios cresceu de 56 para 23.253 no mesmo período, o que representou um incremento muito maior, de 415 vezes. A distribuição do número de óbitos no estado também reflete essa interiorização. A distribuição dos dados acumulados até 06 de junho mostra 38% dos óbitos em moradores do Recife e 62% nos demais municípios, sendo 36% na RMR e 26% no interior. O pesquisador alerta que essa distribuição também vai se deslocar, no mesmo sentido do aumento dos casos do interior, com o passar do tempo. Em  Caruaru – a 130 quilômetros do Recife – com o cancelamento dos festejos juninos, cestas básicas vêm sendo distribuídas a artistas populares e pequenos comerciantes que sempre tiveram o mês de junho como o de maior faturamento.

Boletim divulgado hoje pela Secretaria Estadual de Saúde indica que o número de pessoas infectadas em Pernambuco desde o início da pandemia chega a 45.507 casos, 246 dos quais registrados nas últimas 24 horas. É o menor número de novos casos registrados desde o dia 1 de maio no Estado.  A menor marca do período havia ocorrido em 9 de junho (com 305). Mas esses números oscilaram sempre para mais em relação àquela data, havendo dias, como o 11 de junho, onde os novos casos chegaram a 1.059. Para menos, mesmo, só nesta segunda-feira. Também foram registrados 31 óbitos, elevando-se para 3.886 o número de vidas perdidas por conta dessa pandemia. A quantidade de pessoas curadas chegou a 28.894. Segundo a SES, o número de casos confirmados de óbitos, solicitações de vagas de UTI para pacientes com a Covid-19 “vêm caindo desde a segunda quinzena de maio”. Hoje, por exemplo, “a Central de Regulação de Leitos de Pernambuco registrou a menor taxa de ocupação desde o dia 10 de abril, com 87%. O percentual indica que, no momento, há 115 vagas de terapia intensiva disponíveis para o tratamento da doença provocada pelo novo Coronavírus”.

Leia também:
Pernambuco: 45.261 casos e a nova normalidade
Covid-19 infecta mais de 44 mil em Pernambuco
Governadores repudiam negacionismo do Bozó
Interior permanece com restrições

Casos de Covid-19 voltam a subir
Números mostram tendência de queda em Pernambuco
Palafitas vão ganhar “live”
Pernambuco zera espera por leitos de UTI
Shopping centers funcionam amanhã mas só no drive thru
Pandemia tem 36.443 infectados, 18.950 curas, 3.012 óbitos
Pandemia: Nada muda até 8 de junho
Com 34.900 infectados em PE, governo diz que epidemia está desacelerando
Pernambuco tem 34.450 casos da Covid-19
Quarentena começa a ofertar testes para a Covid-19
Quarentena tem último dia mas Covid-19 continua em alta
Isolamento evitou 7 mil mortes no Recife
Pandemia: A polêmica dos respiradores
Pernambuco tem quase 30 mil infectados
Infectados passam de 28 mil em Pernambuco e quarentena está aquém do pretendido
Infectados somam 27.759
Aumenta o controle ao rodízio de veículos
Respiradores: Quem tem razão?
Mais um triste recorde em Pernambuco. E isolamento deixa a desejar
Cúpula do governo com Covid. E casos passam de 22 mil em PE 
Secretário Estadual de Saúde com a Covid-19
Pias sem torneiras automáticas são recomendadas durante a pandemia?
PE: Mais um triste recorde na pandemia
Isolamento social no sábado chegou a 62 por cento no Recife
Pernambuco tem lockdown em cinco cidades e recorde de casos de Covid
Herói,  palhaço e lockdown
Blitzes educativas e garis sem máscaras
Pernambuco, onde lockdown é “quarentena”
Micros farão um milhão de máscaras
Infectados da Covid passam de 12.400 em Pernambuco
Parques e praças serão os locais mais procurados na pós-pandemia
Pernambuco bate outro recorde triste
Chineses, ventiladores e espera por UTI
PE: Covid bate um novo recorde
Lojas fechadas, mas sem lockdown
Ministério Público cobra transparência
Recife tem último hospital de campanha. Infectados passam de 9 mil em Pernambuco
Espaços públicos desinfetados
No Brasil, 3,6 mil respiradores precisam de conserto
Pandemia: Ao contrário de Brasília, relações Recife- China vão bem
PE: Covid-19 ataca 8.646, sendo 2.204 são profissionais de saúde
Casos de Covid-19 são mais de 8 mil
Pandemia tem “Arte Cura” e infectados já são mais de 7 mil em PE
Mais restrições: sem praia, sem parque e sem lojas. Infectados já são
Pandemia: a corrente do bem
Pandemia e natureza: animais silvestres ocupam áreas vazias
Pandemia e a volta das capivaras
Coronavírus: já são mais de 6.000 casos em Pernambuco
Confusão na Caixa vira caso de justiça
A  briga judicial por respiradores
Cufa-PE vai às favelas contra o coronavírus
Ricardo Brennand, Frans Post, Eckhout, Mercado da Madalena e pandemia
Coronavírus: 3.298 casos, 282 óbitos
Recife recebe EPIs. Infectados são 2.908
Sem praia nem parque até 30 de abril 
Maior hospital de campanha do Recife contra a Covid-19
O alerta da pandemia: “Estou com fome”
Quem pagou por exame de Covid-19 pode ter dinheiro de volta
Comércio fica fechado até 30 de abril
Corona: vaidade, mesquinharia e doação
Cannibal contra o coronavírus
Pandemia: Jardim Secreto faz vaquinha para ajudar Caiara
Rede de solidariedade só faz aumentar
Coronavírus e a rede de solidariedade
Corona: Vem álcool 70 por cento por aí
Pandemia: Conselho Regional de Química produz álcool
Pandemia: Hospital de campanha tem entrega antecipada
Pandemia: coronavoucher vira coronarrisco
Pandemia: pensar no coletivo é preciso
Pandemia: Prefeitura contrata médicos
Parques e praças serão os locais mais frequentados na pós-pandemia
Pandemia: Essa bagunça vai acabar
Profissionais de saúde infectados são 227 em PE
Coronavírus, praia e nascer do sol
Covid-19 espalha-se por 39 municípios
Coronavírus: Cadê a distância necessária?
Corona: Cuidado com o pão nosso
Coronavírus: ronda policial fiscaliza parques
Noronha entra em quarentena
Coronavírus: praias e parques fechados no final de semana
Prorrogado pagamento de ISS no Recife
Pandemia: Prefeitura revê contratos
Pandemia: Lar do Nenen precisa de ajuda
Pandemia: Plaza Shopping muda marca
Fecham a partir de sábado: shopping centers, bares
Aglomerações só com dez pessoas? Decreto não vale para a CEF 
Pandemia: máscaras ecológicas
Coronavírus: União e prefeitura brigam por ventiladores
Coronavírus e o espírito solidário
Grupo Moura: das baterias à fabricação de máscaras contra o coronavírus
Coronavírus já matou três em PE
Bia: Remédio contra o confinamento
Cientistas contestam Bolsonaro
Voltar à normalidade, como? “Gripezinha”, resfriadinho ou genocídio?
Pandemia mexe até com os bichinhos
Magiluth busca estratégia de sobrevivência
Após reclamações, cestas básicas para 90 mil alunos
Pandemia: pensar no coletivo é preciso
Novos leitos, 35 casos e repartições com atendimento remoto
PE, coronavírus: 33 casos e três curados
Sem festa, mas com cachê garantido
Pernambuco tem a primeira cura do coronavírus
Comércio, serviço e construção vão parar
Governo de Pernambuco inicia embarque de turistas de navio retido
Fecham a partir de sábado: shopping centers, bares, salões de beleza, etc
Cultura roída pelo coronavírus
Câmara quer suspender cortes de água e luz
Questionada a merenda do coronavírus
Coronavírus traz fantasma da fome
Pandemia: Igreja em quarentena
Aulas suspensas a partir de 18/3
Coronavírus: sete casos em Pernambuco e povo sem direito a futebol em campo
Recife quase parando devido ao corona
Brasil, Recife, pandemia e eventos
Corona vírus, fantasia e polícia
Colabore com o Fazendo Acontecer
Nóis sofre mais… nóis goza
Nóis sofre mais nóis goza é só folia
Ciclofaixa de lazer está suspensa

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Flickr/ Prefeitura de Caruaru

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.