Natureza em discussão a partir de hoje

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado em 5 de junho. Para assinalar tão importante data que transcorre na próxima sexta-feira, a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e a Agência Estadual do Meio Ambiente (Cprh) promovem uma série de debates a partir de hoje (1/6). Tudo virtual, claro, devido à pandemia e ao isolamento social. As conversas prosseguem até 12 de junho. As lives são gratuitas e abertas ao público. E abordarão temas como biodiversidade e novo modelo de desenvolvimento, governança ambiental, emergência climática, comunidades tradicionais, saneamento e outros assuntos ligados à natureza. Todos muito oportunos O controle epidemiológico da Covid-19 também entra na pauta. A programação começa às 16h dessa segunda-feira, nas redes sociais que você pode conferir no Serviço ao final dessa postagem.

Ambientalistas conhecidos nacionalmente, pesquisadores de várias universidades e gestores públicos participam das lives. Entre eles, estão confirmados Mario Mantovani (SOS Mata Atlântica); Caio Magri (Instituto Ethos), Tasso Azevedo (MapBiomas e SEEG); José Bertotti (Semas-PE), Djalma Paes (CPRH). E, também, Maria do Carmo Sobral (UFPE), Marina Lima (Unicamp) e muitos outros pesquisadores. Os debates serão transmitidos pelo perfil das redes sociais da Semas e da CPRH, simultaneamente no Facebook e no YouTube. O desmonte da rede de proteção ambiental no Brasil também entra em discussão.

E como enfrentar esse problema no país, que vem perdendo importante instrumentos legais de defesa da natureza. Como vocês sabem, proteger a natureza não é o forte do Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Desde que esse rapaz assumiu a pasta,que não faz outra coisa a não ser defender grileiros, madeireiros e outros inimigos do meio ambiente, particularmente na Amazônia. E que, durante o maior desastre ambiental do Nordeste – o derramamento de óleo em 2019 – só veio agir quando a pressão contra a inoperância já estava demais. O debate sobre o desmonte é na terça. Não perca!

Especialistas em Tata Atlântica (foto) estão entre os convidados da Semana do Meio Ambiente em Pernambuco.

“Em 2019, atravessamos a crise do Petróleo de mãos dadas com a ciência e com as universidades, o que foi fundamental para obtermos melhores resultados”, afirma José Bertotti. E acrescenta: “A pandemia da Covid-19 nos leva mais uma vez a refletir sobre a relação da sociedade com o meio ambiente. E novamente, o Governo de Pernambuco adota o caminho apontado pela ciência tanto na área de saúde quanto na ambiental. Precisamos travar o debate de temas que nos permitam trilhar rumo a um futuro seguro e melhor, baseado no desenvolvimento sustentável e na preservação da natureza”. A programação tem início na segunda-feira (01/06), às 16h, com a live “O Planeta em alerta: a biodiversidade e a necessidade de novo modelo de desenvolvimento”.

O encontro tem abertura do secretário de Meio Ambiente, José Bertotti, e mediação de Maurício Guerra, superintendente de biodiversidade da Semas.  Para debater o tema, participam os convidados Mário Mantovani, diretor de políticas públicas da Fundação SOS Mata Atlântica, com 35 anos de atuação na área ambiental; Gilberto Rodrigues, doutor em ecologia e professor do departamento de zoologia da UFPE; Rafael Pereira, especialista em biologia animal e doutorando da área de biodiversidade e evolução da UFBA, além da diretora de recursos florestais e biodiversidade da CPRH, Janaína Teixeira. Confira a programação que vai rolar até a próxima sexta-feira. Posteriormente, o #OxeRecife fornecerá a programação restante.

Leia também:
Dia Mundial de Áreas Úmidas passa em branco no Recife
Dia Internacional da Biodiversidade exige pausa para reflexão
Pandemia: Hora do Planeta On line
Desmatamento  na maior reserva de vida silvestre da Mata Atlântica
Novos desmatamento em Aldeia
Desmatamento em pulmão do Recife
Prefeitura destrói área protegida. Pode?
Desmatamentos ilegais em Aldeia
Mata Atlântica: PE fez o dever de casa
Lotes irregulares em Mata Atlântica
As “matas” de cimento em Paulista
Legado das Águas, a festa da natureza
Visite o Legado das Águas nas férias
Borboleta rara no Legado das Águas
Antas albinas mobilizam pesquisadores
A 10.000ª espécie ameaçada
Dia Internacional da Biodiversidade exige pausa para reflexão no Brasil
O Dia Mundial das Abelhas
Mata Atlântica: Pernambuco fez o dever de casa
Pandemia e natureza: animais silvestres ocupam áreas urbanas vazias
Pandemia e a volta das capivaras
Movida planta um milhão de árvores
Mata Atlântica ganha viveiro para produção anual de 100.000 mudas
Cabo ganha 7.450 árvores até 2022
Coca-Cola planta 600 mil árvores
Cerrado ganha corredor ecológico
Esso decide plantar 20 mil árvores para proteger mico-leão-dourado
Festival de Aves no Sul da Bahia
A inédita visita do sabiá ferreiro
A volta do jacu
“Arca de Noé” protege corais ameaçados
Ambientalistas preocupados: só restam 1.300 muriquis
Recife ficará mais verde até 2021
Parem de derrubar árvores (171)
Quatro milhões de canudos a menos no mercado
Nestlé quer embalagem biodegradável
Praia dos Carneiros ganha aliado contra o turismo predatório
Dragão, tambor e limpeza no Rio 
Catadores tiram 5 milhões de latinhas deixadas pela folia em Olinda Recife
Por um milhão de árvores na Amazônia
Água mineral em copo biodegradável
Maquininha de passar cartão com plástico das praias
Lixo plástico vira cinema nas escolas
Plásticos nas praias viram embalagens
Canudos plásticos de praias viram óculos: a natureza agradece
Nestlé quer plástico biodegradável
Noronha reforça Plástico Zero
Campanha contra plástico rende prêmio
Agreste contra o óleo: “O Mar nos une” 
Emergência climática: Recife mais verde é balela. Parem de derrubar árvores
O Recife tem quantas árvores?
Parem de derrubar árvores (237). Quarteirão pelado na Madalena
Parem de derrubar árvores (238). Golpe de misericórdia na Madalena

Serviço
O quê: Pernambuco promove debates sobre futuro, ciência e natureza para marcar Dia Mundial do Meio Ambiente
Quando: 1 a 12 de junho de 2020
Onde: facebook.com/semaspe, facebook.com/cprhpe, youtube.com/semaspernambuco, youtube.com/cprh_comunicacao, instagram.com/oficialsemaspe 

PROGRAMAÇÃO
01/06 – SEGUNDA-FEIRA
16h – Live – O Planeta em alerta: a Biodiversidade e a necessidade de novo modelo de desenvolvimento.
Participantes: José Bertotti  (Secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco), Mario Mantovani  (diretor de Políticas Públicas da SOS Mata Atlântica), Gilberto Rodrigues (Professor/Pesquisador em Ecologia UFPE), Rafael Pereira  (Membro do Laboratório de Entomologia Aquática – LEAq (UFBA) e pesquisador), Maurício Guerra (superintendente de biodiversidade da Semas), Janaína Teixeira  (Diretora de Recursos Florestais e Biodiversidade da Agência Estadual de Meio Ambiete – CPRH).
17h30 – Cine Unidades de Conservação: Mata da Pimenteira – Coração da Caatinga.
Transmissão: acebook.com/semaspe, facebook.com/cprhpe, youtube.com/semaspernambuco, youtube.com/cprh_comunicacao

02/06 – TERÇA-FEIRA
16h – Live – Em tempos de desmonte do SISNAMA, como fortalecer a governança ambiental?    Participantes: Djalma Paes (presidente da Agência Estadual de Meio Ambiente – CPRH), Paulo Henrique Camarotti  (Diretoria Técnica Ambiental da CPRH), Márcia Telles (Diretora Geral do Inema- BA), Carlos Ribeiro  (ANAMMA), Helvio Polito (Presidente da Comissão de Direito Urbanístico da OAB/PE)
Transmissão: facebook.com/semaspe, facebook.com/cprhpe,youtube.com/semaspernambuco, youtube.com/cprh_comunicacao
17h30 – Récita para a natureza, com Cida Pedrosa
Transmissão: instagram.com/oficialsemaspe

03/06 – QUARTA-FEIRA
16h – LivePolíticas, práticas sustentáveis e vulnerabilidades no contexto das comunidades tradicionais
Participantes: Inamara Mélo  (Secretária executiva da Semas-PE), Thiago Torres de Lima (Presidente da Comissão dos Professores Indígenas de Pernambuco – COPIPE), Marina Lima (pesquisadora Unicamp, Beth de Oxum – Iyalorixá)
Transmissão: facebook.com/semaspe, facebook.com/cprhpe, youtube.com/semaspernambuco , youtube.com/cprh_comunicacao
17h30 – Coco da esperança, com Beth de Oxum e o Côco de Umbigada
Transmissão: instagram.com/oficialsemaspe

04/06 – QUINTA-FEIRA
16h – Live:  A Importância de Programas Estruturadores de Saneamento para a Qualidade Ambiental e o Monitoramento Epidemiológico da Covid-19) – Eduardo Elvino  (diretor de controle de fontes poluidoras da Agência Estadual de Meio Ambiente – CPRH), Maria do Carmo Sobral  (Pesquisadora e professora da UFPE), Sávia Gavazza (Pesquisadora e professora da UFPE), Luís Henrique de Oliveira – (Gerente de Programas Especiais da Compesa), Wilson Bombo  (BRK Ambiental), Flávio Coutinho Cavalcante  (diretor de Novos Negócios da Compesa).
Transmissão: facebook.com/semaspe
facebook.com/cprhpe
youtube.com/semaspernambuco
youtube.com/cprh_comunicacao
17h30 – A saga do Zé do Cano contra o coronavírus – Contação de história com Mariane Bigio
Transmissão: instagram.com/oficialsemaspe

05/06 – SEXTA-FEIRA
9 às 12h – Webinar: “Estratégia dos Estados Brasileiros na Agenda do Clima”
17h – LiveA emergência climática e as políticas ambientais em tempos de crise  – José Bertotti, Caio Magri  (diretor-presidente do Instituto Ethos), Tasso Azevedo  (coordenador do MapBiomas), Cida Pedrosa  (Advogada e ambientalista)
Transmissão: facebook.com/semaspe
facebook.com/cprhpe
youtube.com/semaspernambuco
youtube.com/cprh_comunicacao
18h30 – Apresentação do disco “Quanto mais eu vou, eu fico”, com o músico Marcelo Rangel
Transmissão: instagram.com/oficialsemaspe

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Cprh / Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.