Pandemia: A polêmica dos respiradores. Covid-19 já ataca 30.713 em PE

Em tempos de demanda imensa por respiradores, esses equipamentos que garantem a sobrevivência de pacientes da fase mais grave da Covid-19 vêm dando o que falar. Nessa quinta-feira (28/05), a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão em São Paulo e no Recife, dentro da Operação Apneia, deflagrada pelo Ministério Público Federal e Controladoria Geral da União. O motivo: Investigar possíveis irregularidades na compra dos ventiladores artificiais. No Recife, a aquisição já despertara questionamentos, também, no Ministério Público de Contas, mas a denúncia não foi aceita por Carlos Neves, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado e relator das contas da Secretaria Municipal no TCE em 2020.

Se no TCE a investigação do MPCO foi barrada pelo conslheiro, no âmbito do MPF, ela teve prosseguimento. No Recife, a ação da PF foi desencadeada depois que o Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco (PE) obteve medida cautelar da Justiça Federal , determinando, cumprimento de medidas de busca e apreensão pela Polícia Federal (PF) no “âmbito das investigações de supostas irregularidades na compra de 500 ventiladores pulmonares pela Prefeitura do Recife para o enfrentamento da pandemia da covid-19”, informa a MPF.  A responsável pelo caso é a procuradora da República Silvia Regina Pontes Lopes. Segundo o MPF, as investigações indicaram que a Prefeitura do Recife, por meio de dispensa de licitação, contratou de “forma irregular” a empresa Juvanete Barreto Freire.

Em Pernambuco,  o número de pessoas infectadas pela Covid 19 passa de  30 mil. Nesta quinta-feira (28.05), a Secretaria Estadual de Saúde confirmou  794 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 268 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 526 como leves. Agora, Pernambuco totaliza 30.713 casos já confirmados, sendo 13.354 graves e 17.359 leves. Além disso, foram confirmadas 98 mortes.  Com isso, o Estado totaliza 2.566 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

A empresa é uma MEI, foi aberta há pouco mais de seis meses, seu capital social é de R$ 50 mil e tem faturamento anual de R$ 81 mil, e é especializada na venda de colchões e produtos veterinários, o que levou o MPF a colocar sob suspeita contrato de R$ 11,5 milhões da Prefeitura com  a Juvanete. Segundo a PF, a Juvanete teria sido utilizada por uma outra empresa que tem débitos superiores a R$ 9 milhões em impostos, motivo pelo qual não poderia vender os equipamentos, utilizando para tal uma “empresa fantasma”, segundo a PF. Depois que  a transação  começou a ser questionada pelos órgãos púbicos, a empresa fornecedora cancelou o contrato com a Prefeitura do Recife.

Na Capital, as apreensões ocorreram no Recife Antigo e Espinheiro  (na residência do Secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia). Não houve prisões. A Justiça determinou também a proibição de trânsito, venda ou quaisquer ajustes envolvendo os 35 ventiladores pulmonares que já haviam sido entregues pela microempresa Juvanete Barreto Freire à prefeitura, como meio de preservação de eventual prova a ser vistoriada pelos órgãos competentes.  “MPF analisará as possíveis evidências colhidas durante a operação policial para dar sequência à investigação dos aspectos criminais referentes ao caso, empreendendo as medidas necessárias junto à PF e à Justiça Federal”, informa o MPF.

A Prefeitura do Recife distribuiu uma nota confirmando” busca e apreensão” na Secretaria de Saúde do Município, “onde agentes da Polícia Federal fizeram a apreensão de um telefone celular”. “Segundo a nota da Polícia Federal, a investigação diz respeito a uma compra de respiradores de uma empresa de São Paulo”, acrescenta. “Cada respirador foi comprado a R$ 21,5 mil. A referida compra foi cancelada pela Secretaria de Saúde e o único valor pago, de R$ 1,075 milhão, já foi devolvido pela empresa à Prefeitura no último dia 22. Portanto, não há possibilidade de haver qualquer prejuízo à Prefeitura do Recife. Todos os procedimentos da Secretaria de Saúde estão sendo realizados dentro da legalidade e todos os processos de aquisição da pandemia estão sendo enviados, desde abril, por iniciativa da própria Prefeitura, ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE). A Secretaria de Saúde e todos os órgãos da Prefeitura continuam à disposição dos órgãos de controle para prestar qualquer esclarecimento”. Secretários da Prefeitura divulgaram nota em solidariedade ao Secretário de Saúde, Jailton Correia, “referência como ser humano” e como “gestor público”

Leia também:
Pernambuco tem quase 30 mil infectados
Infectados passam de 28 mil em Pernambuco e quarentena está aquém do pretendido
Infectados somam 27.759
Aumenta o controle ao rodízio de veículos
Respiradores: Quem tem razão?
Mais um triste recorde em Pernambuco. E isolamento deixa a desejar
Cúpula do governo com Covid. E casos passam de 22 mil em PE 
Secretário Estadual de Saúde com a Covid-19
Pias sem torneiras automáticas são recomendadas durante a pandemia?
PE: Mais um triste recorde na pandemia
Isolamento social no sábado chegou a 62 por cento no Recife
Pernambuco tem lockdown em cinco cidades e recorde de casos de Covid
Herói,  palhaço e lockdown
Blitzes educativas e garis sem máscaras
Pernambuco, onde lockdown é “quarentena”
Micros farão um milhão de máscaras
Infectados da Covid passam de 12.400 em Pernambuco
Parques e praças serão os locais mais procurados na pós-pandemia
Pernambuco bate outro recorde triste
Chineses, ventiladores e espera por UTI
PE: Covid bate um novo recorde
Lojas fechadas, mas sem lockdown
Ministério Público cobra transparência
Recife tem último hospital de campanha. Infectados passam de 9 mil em Pernambuco
Espaços públicos desinfetados
No Brasil, 3,6 mil respiradores precisam de conserto
Pandemia: Ao contrário de Brasília, relações Recife- China vão bem
PE: Covid-19 ataca 8.646, sendo 2.204 são profissionais de saúde
Casos de Covid-19 são mais de 8 mil
Pandemia tem “Arte Cura” e infectados já são mais de 7 mil em PE
Mais restrições: sem praia, sem parque e sem lojas. Infectados já são
Pandemia: a corrente do bem
Pandemia e natureza: animais silvestres ocupam áreas vazias
Pandemia e a volta das capivaras
Coronavírus: já são mais de 6.000 casos em Pernambuco
Confusão na Caixa vira caso de justiça
A  briga judicial por respiradores
Cufa-PE vai às favelas contra o coronavírus
Ricardo Brennand, Frans Post, Eckhout, Mercado da Madalena e pandemia
Coronavírus: 3.298 casos, 282 óbitos
Recife recebe EPIs. Infectados são 2.908
Sem praia nem parque até 30 de abril 
Maior hospital de campanha do Recife contra a Covid-19
O alerta da pandemia: “Estou com fome”
Quem pagou por exame de Covid-19 pode ter dinheiro de volta
Comércio fica fechado até 30 de abril
Corona: vaidade, mesquinharia e doação
Cannibal contra o coronavírus
Pandemia: Jardim Secreto faz vaquinha para ajudar Caiara
Rede de solidariedade só faz aumentar
Coronavírus e a rede de solidariedade
Corona: Vem álcool 70 por cento por aí
Pandemia: Conselho Regional de Química produz álcool
Pandemia: Hospital de campanha tem entrega antecipada
Pandemia: coronavoucher vira coronarrisco
Pandemia: pensar no coletivo é preciso
Pandemia: Prefeitura contrata médicos
Parques e praças serão os locais mais frequentados na pós-pandemia
Pandemia: Essa bagunça vai acabar
Profissionais de saúde infectados são 227 em PE
Coronavírus, praia e nascer do sol
Covid-19 espalha-se por 39 municípios
Coronavírus: Cadê a distância necessária?
Corona: Cuidado com o pão nosso
Coronavírus: ronda policial fiscaliza parques
Noronha entra em quarentena
Coronavírus: praias e parques fechados no final de semana
Prorrogado pagamento de ISS no Recife
Pandemia: Prefeitura revê contratos
Pandemia: Lar do Nenen precisa de ajuda
Pandemia: Plaza Shopping muda marca
Fecham a partir de sábado: shopping centers, bares
Aglomerações só com dez pessoas? Decreto não vale para a CEF 
Pandemia: máscaras ecológicas
Coronavírus: União e prefeitura brigam por ventiladores
Coronavírus e o espírito solidário
Grupo Moura: das baterias à fabricação de máscaras contra o coronavírus
Coronavírus já matou três em PE
Bia: Remédio contra o confinamento
Cientistas contestam Bolsonaro
Voltar à normalidade, como? “Gripezinha”, resfriadinho ou genocídio?
Pandemia mexe até com os bichinhos
Magiluth busca estratégia de sobrevivência
Após reclamações, cestas básicas para 90 mil alunos
Pandemia: pensar no coletivo é preciso
Novos leitos, 35 casos e repartições com atendimento remoto
PE, coronavírus: 33 casos e três curados
Sem festa, mas com cachê garantido
Pernambuco tem a primeira cura do coronavírus
Comércio, serviço e construção vão parar
Governo de Pernambuco inicia embarque de turistas de navio retido
Fecham a partir de sábado: shopping centers, bares, salões de beleza, etc
Cultura roída pelo coronavírus
Câmara quer suspender cortes de água e luz
Questionada a merenda do coronavírus
Coronavírus traz fantasma da fome
Pandemia: Igreja em quarentena
Aulas suspensas a partir de 18/3
Coronavírus: sete casos em Pernambuco e povo sem direito a futebol em campo
Recife quase parando devido ao corona
Brasil, Recife, pandemia e eventos
Corona vírus, fantasia e polícia
Colabore com o Fazendo Acontecer
Nóis sofre mais… nóis goza
Nóis sofre mais nóis goza é só folia
Ciclofaixa de lazer está suspensa

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Andréa Rego Barros /Divulgação / PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.