Pandemia: A corrente do bem

Viva a corrente do bem.  São inúmeros os casos de organizações não governamentais, pessoas físicas, instituições, empresas que vêm juntando esforços para minimizar as consequências da pandemia provocada pelo novo coronavírus em todo o Brasil, principalmente para ajudar as famílias em situação de vulnerabilidade social.

As ações vão da distribuição de álcool gel e máscaras à montagem de hospitais, da preparação e distribuição de alimentos à oferta de assistência psicológica ou mesmo orientações sobre como se prevenir do vírus a motoristas que passam a vinda singrando as estradas do país. O #OxeRecife faz questão de mostrar bons exemplos, não só aqui em Pernambuco como no Brasil.

Veja alguns:
Empresários por Pernambuco – Aqui no Estado, são muitos os exemplos. Um deles é a iniciativa Empresários por Pernambuco que já bateu a meta inicial de distribuir 50.000 cestas básicas a populações carentes. Nessa quarta (29/4), o grupo entrega mais 2.300 cestas básicas à Arquidiocese de Olinda e Recife. Outro grupo contemplado são as gestantes atendidas no Programa Mãe Coruja.  A turma foi inicialmente formado pela Viana e Moura Construções, Grupo Cornélio Brennand, Grupo Moura e Ferreira Costa. Ganhou a adesão da 3Corações e da Raymundo da Fonte. Outras empresas que queiram se juntar podem entrar no site www.empresariosporpernambuco.com.br. A coordenação é das ONGs Novo Jeito e Transforma Brasil, com colaboração de instituições governamentais (foto acima).

Clube das Pás – Depois de promover lives com a sua orquestra  e atrações musicais, para que seus frequentadores possam continuar dançando em casa, o Clube das Pás decidiu distribuir máscaras. Nada menos de 2.300 já foram entregues em comunidades pobres do Recife, como Chié (Campo Grande) e Beco dos Casados e também no Hospital do Câncer (Santo Amaro). Vem sendo utilizada a estrutura com maquinários de costura de confecção para as fantasias do carnaval. Precisa doação de tecidos. Informações pelo telefone (81) 3242-7522.

Moura Dubeux –   Fez parceria com a ONG Novo Jeito e criou o Condomínio Solidário. “Você pode doar alimentos para quem necessita sem sair de casa”. É só ligar para (81) 991116429 que a campanha manda recolher nos condomínios doações de alimentos e produtos de higiene e limpeza, que serão entregues a famílias em situação de vulnerabilidade. “A Moura Dubeux se engajou nesse projeto da Novo Jeito e, além de contribuir com 2 mil  cestas de alimentos, disponibilizou um sistema de coleta para  facilitar a arrecadação desses materiais nos condomínios e transportar para o centro de distribuição deles”, avisa a Moura Dubeux.   Nesse caso, os moradores podem recolher as doações por apartamento e, em seguida, solicitar transporte para a coleta, que é feita a partir de 30 quilos de mercadorias reunidas.

Compass Minerals – Doou hipoclorito de sódio para para produção de 5,5 mil litros de água sanitária para o município pernambucano de Igarassu (onde possui unidade industrial). Posteriormente a água sanitária foi distribuída para unidades de saúde dos municípios vizinhos de Paulista, Abreu e Lima e Itapissuma, beneficiando unidades de saúde dessas localidade. Internamente, a indústria tomou 20 iniciativas para evitar contaminação e bem-estar psicológico dos seus colaboradores.

SESC – Está mobilizando voluntários para a confecção de máscaras para distribuição gratuita.  A iniciativa partiu de grupos de idosos que participam de atividades no Sesc. Em  Pernambuco, as unidades que trabalham na iniciativa são: Santo Amaro (Recife), Piedade(Jaboatão dos Guararapes), Caruaru, Garanhuns, Surubim, Piedade, São Lourenço, Araripina, Bodocó, Belo Jardim e Pesqueira. No Rio Grande do Sul, já foram produzidas 5,5 mil máscaras. No Rio de Janeiro, serão distribuídas mais de 23 mil.  Até soldados do Comando Militar do Leste aderiram à iniciativa e estão ajudando na confecção de máscaras, para levar 5 mil delas às populações de morros e outras  áreas populares da cidade. No Paraná, as máscaras irão para hospitais de oncologia.

BR Distribuidora –  Vem distribuindo em sua rede de postos 60.000 quentinhas e frascos de álcool em gel. E em parceria com instituições médicas (como Dasa, que é líder em medicina diagnóstica) oferta consultas médicas online para 16.000 caminhoneiros cadastrados no Cartão Caminhoneiro (foto). Doou  30 mil litros de etanol a dez universidades para produção de álcool em gel.


BTC Pactual –
O maior banco de investimentos da América Latina) doou R$ 50 milhões para equipar hospitais em São Paulo, e viabilizou a contratação de  140 anestesistas para o Hospital das Clínicas em SP, em conjunto com seis outras empresas.  Os anestesistas são importantes no entubamento e sedação de pacientes. O Banco também distribuiu 60 mil cestas básicas em sete estados brasileiros.

Leia também:
Cufa-PE vai às favelas contra o coronavírus
Ricardo Brennand, Frans Post, Eckhout, Mercado da Madalena e pandemia
Trem do bem: desinfecção e doação
Coronavírus: 3.298 casos, 282 óbitos
Recife recebe EPIs. Infectados são 2.908
Sem praia nem parque até 30 de abril 
Maior hospital de campanha do Recife contra a Covid-19
O alerta da pandemia: “Estou com fome”
Quem pagou por exame de Covid-19 pode ter dinheiro de volta
Comércio fica fechado até 30 de abril
Corona: vaidade, mesquinharia e doação
Cannibal contra o coronavírus
Pandemia: Jardim Secreto faz vaquinha para ajudar Caiara
Rede de solidariedade só faz aumentar
Coronavírus e a rede de solidariedade
Corona: Vem álcool 70 por cento por aí
Pandemia: Conselho Regional de Química produz álcool
Pandemia: Hospital de campanha tem entrega antecipada
Pandemia: coronavoucher vira coronarrisco
Pandemia: pensar no coletivo é preciso
Pandemia: Prefeitura contrata médicos
Pandemia: Essa bagunça vai acabar
Profissionais de saúde infectados são 227 em PE
Coronavírus, praia e nascer do sol
Covid-19 espalha-se por 39 municípios
Coronavírus: Cadê a distância necessária?
Corona: Cuidado com o pão nosso
Coronavírus: ronda policial fiscaliza parques
Noronha entra em quarentena
Coronavírus: praias e parques fechados no final de semana
Prorrogado pagamento de ISS no Recife
Pandemia: Prefeitura revê contratos
Pandemia: Lar do Nenen precisa de ajuda
Pandemia: Plaza Shopping muda marca
Fecham a partir de sábado: shopping centers, bares
Aglomerações só com dez pessoas? Decreto não vale para a CEF 
Pandemia: máscaras ecológicas
Coronavírus: União e prefeitura brigam por ventiladores
Coronavírus e o espírito solidário
Grupo Moura: das baterias à fabricação de máscaras contra o coronavírus
Coronavírus já matou três em PE
Bia: Remédio contra o confinamento
Cientistas contestam Bolsonaro
Voltar à normalidade, como? “Gripezinha”, resfriadinho ou genocídio?
Pandemia mexe até com os bichinhos
Magiluth busca estratégia de sobrevivência
Após reclamações, cestas básicas para 90 mil alunos
Pandemia: pensar no coletivo é preciso
Novos leitos, 35 casos e repartições com atendimento remoto
PE, coronavírus: 33 casos e três curados
Sem festa, mas com cachê garantido
Pernambuco tem a primeira cura do coronavírus
Comércio, serviço e construção vão parar
Governo de Pernambuco inicia embarque de turistas de navio retido
Fecham a partir de sábado: shopping centers, bares, salões de beleza, etc
Cultura roída pelo coronavírus
Câmara quer suspender cortes de água e luz
Questionada a merenda do coronavírus
Coronavírus traz fantasma da fome
Pandemia: Igreja em quarentena
Aulas suspensas a partir de 18/3
Coronavírus: sete casos em Pernambuco e povo sem direito a futebol em campo
Recife quase parando devido ao corona
Brasil, Recife, pandemia e eventos
Corona vírus, fantasia e polícia
Colabore com o Fazendo Acontecer
Nóis sofre mais… nóis goza
Nóis sofre mais nóis goza é só folia
Ciclofaixa de lazer está suspensa

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.