Recife recebe EPIs. Infectados são 2.908 pessoas em Pernambuco, 260 mortos

No Recife, depois de inaugurar o maior hospital de campanha para receber pacientes da Covid-19, o Prefeito Geraldo Júlio (PSB) anunciou a aquisição de 2 milhões de itens de equipamentos de proteção individual (EPI), para profissionais de saúde que trabalham durante a pandemia. No início do mês de abril, um milhão de EPIs haviam sido comprados. O material adquirido já está no estoque da Prefeitura, segundo ele assegurou.

A aquisição de EPIs é da maior importância e deve ser hoje uma das principais preocupações das autoridades. Tanto nos municípios – como é o caso do Recife – quanto nos estados. É comum vermos nas redes sociais, profissionais do setor reclamando da falta de equipamentos de proteção, usando por exemplo durante doze horas máscaras que, em tal período, deveriam ter sido trocadas pelo menos umas três vezes. Para se ter uma ideia da gravidade da situação, Pernambuco tem hoje 1064 profissionais de saúde infectados e 459 em investigação.

“Uma parcela deles já estão distribuídos em nossas unidades de saúde”, disse. Ele informou que, desde o início da pandemia, já foram contratados 1.346 profissionais como reforço para o enfrentamento do novo coronavírus. Outra medida anunciada foi a sanção, publicada no Diário Oficial do último sábado (18), da lei que permite o pagamento da pensão integral aos familiares dos profissionais de saúde vítimas da doença. As medidas fazem parte do Plano Municipal de Contingência Covid-19.

Quantidade de profissionais de saúde infectados é muito alto em Pernambuco e também no Recife.

A lista dos EPIs inclui máscaras cirúrgicas, luvas, aventais, máscaras N95, toucas, óculos de proteção e protetores faciais. Entre os destaques dos itens já nos estoques da Secretaria de Saúde estão 450 mil unidades das máscaras N95. Cada profissional que presta assistência ou precisa entrar em contato a menos de um metro dos pacientes suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus recebe equipamentos de acordo com o tipo de procedimento que realiza no paciente, conforme recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Já os 1.346 profissionais contratados para reforçar a rede municipal de saúde do Recife são para atuar nos sete hospitais de campanha, no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), nas unidades de Atenção Básica, Vigilância à Saúde, entre outros. Boletim parcial divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde indica que o número oficial de pessoas infectadas pelo coronavírus chega a 2.908 em Pernambuco, com o registro de 260 mortes. A situação está realmente muito triste.

Leia também:
Sem praia nem parque até 30 de abril
Maior hospital de campanha do Recife contra a Covid-19
O alerta da pandemia: “Estou com fome”
Quem pagou por exame de Covid-19 pode ter dinheiro de volta
Comércio fica fechado até 30 de abril
Corona: vaidade, mesquinharia e doação
Cannibal contra o coronavírus
Pandemia: Jardim Secreto faz vaquinha para ajudar Caiara
Rede de solidariedade só faz aumentar
Coronavírus e a rede de solidariedade
Corona: Vem álcool 70 por cento por aí
Pandemia: Conselho Regional de Química produz álcool
Pandemia: Hospital de campanha tem entrega antecipada
Pandemia: coronavoucher vira coronarrisco
Pandemia: pensar no coletivo é preciso
Pandemia: Prefeitura contrata médicos
Pandemia: Essa bagunça vai acabar
Profissionais de saúde infectados são 227 em PE
Coronavírus, praia e nascer do sol
Covid-19 espalha-se por 39 municípios
Coronavírus: Cadê a distância necessária?
Corona: Cuidado com o pão nosso
Coronavírus: ronda policial fiscaliza parques
Noronha entra em quarentena
Coronavírus: praias e parques fechados no final de semana
Prorrogado pagamento de ISS no Recife
Pandemia: Prefeitura revê contratos
Pandemia: Lar do Nenen precisa de ajuda
Pandemia: Plaza Shopping muda marca
Fecham a partir de sábado: shopping centers, bares
Aglomerações só com dez pessoas? Decreto não vale para a CEF 
Pandemia: máscaras ecológicas
Coronavírus e o espírito solidário
Grupo Moura: das baterias à fabricação de máscaras contra o coronavírus
Coronavírus já matou três em PE
Bia: Remédio contra o confinamento
Cientistas contestam Bolsonaro
Voltar à normalidade, como? “Gripezinha”, resfriadinho ou genocídio?
Pandemia mexe até com os bichinhos
Magiluth busca estratégia de sobrevivência
Após reclamações, cestas básicas para 90 mil alunos
Pandemia: pensar no coletivo é preciso
Novos leitos, 35 casos e repartições com atendimento remoto
PE, coronavírus: 33 casos e três curados
Sem festa, mas com cachê garantido
Pernambuco tem a primeira cura do coronavírus
Comércio, serviço e construção vão parar
Governo de Pernambuco inicia embarque de turistas de navio retido
Fecham a partir de sábado: shopping centers, bares, salões de beleza, etc
Cultura roída pelo coronavírus
Câmara quer suspender cortes de água e luz
Questionada a merenda do coronavírus
Coronavírus traz fantasma da fome
Pandemia: Igreja em quarentena
Aulas suspensas a partir de 18/3
Coronavírus: sete casos em Pernambuco e povo sem direito a futebol em campo
Recife quase parando devido ao corona
Brasil, Recife, pandemia e eventos
Corona vírus, fantasia e polícia
Colabore com o Fazendo Acontecer
Nóis sofre mais… nóis goza
Nóis sofre mais nóis goza é só folia
Ciclofaixa de lazer está suspensa

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Andréa Rego Barros / Divulgação / PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.