Fecham a partir de sábado: shopping centers, salões de beleza, bares, clubes

Com 28 casos de coronavírus confirmados até hoje à tarde em Pernambuco, o Governador Paulo Câmara (PSB) anunciou, nessa quinta, novas medidas restritivas.Com o funcionamento já limitado ao horário de meio dia às 20h, os shopping-centers terão que fechar temporariamente a partir do próximo sábado (21/03). Tudo para tentar controlar o avanço do Covid-19 no estado, onde somam sete os pacientes com transmissão local ou comunitária, o que aumenta a preocupação das autoridades sanitárias.

O decreto com o novo pacote começa a valer a partir do dia 21 de março. Além de grandes centros de compras – como RioMar, Plaza Shopping, Tacaruna (foto) – fecham, também, salões de beleza e correlatos, clubes sociais, bares, restaurantes, lanchonetes e comércio de praia. Bares e restaurantes poderão continuar a funcionar, apenas para a realização de entregas. Os parques e praias permanecerão abertos exclusivamente para corrida, caminhada e outras práticas esportivas, destacou o governador. O governador pediu para que a população ficasse em casa.

Com a ameaça do coronavírus e a obrigação de ficar em casa, essa cena da foto está cada dia mais comum nas ruas

“A mensagem principal que quero deixar para cada um dos senhores e das senhoras é que precisamos que o máximo possível de pessoas permaneçam em suas casas. Limitem, efetivamente, suas saídas, a ir ao supermercado, farmácia, itens de primeira necessidade”, declarou. Câmara solicitou ao Tribunal de Contas do Estado que crie um Grupo de Trabalho, com objetivo de acompanhar aquisições emergenciais que serão necessárias para o combate e o enfrentamento ao coronavírus em Pernambuco.

Hoje, pela manhã, fiz minha caminhada, já que não há aula de Pilates por enquanto, e não dá para enferrujar. Fui parando em farmácias, mercadinhos, lojas de conveniência. Não tinha álcool gel em canto nenhum. Lenço de papel só encontrei em uma farmácia onde, por sinal, achei um álcool gel disponível na parede. Depois de comprar uma caixinha de lenço, decidi higienizar as mãos. Voltei para casa e não saí mais. Que jeito? Agora, o que me espanta é a quantidade de papel higiênico que o povo está comprando.  Nos supermercados, os carrinhos passam com montanhas de rolo, e o assunto já virou até piada na internet. Também circulam imagens com automóveis abarrotados com o produto. Nas redes sociais, já tem até gente perguntando, em tom de blague, se o coronavírus também entra pelo bumbum. Profissionais de saúde, me informem uma coisa: o Covid-19 também dá desinteria, é? Qual é, então, a razão desse desespero, pois o povo está comprando mais papel do que feijão.

Leia também:
Cultura roída pelo coronavírus
Câmara quer suspender cortes de água e luz
Questionada a merenda do coronavírus
Coronavírus traz fantasma da fome
Pandemia: Igreja em quarentena
Aulas suspensas a partir de 18/3
Coronavírus: sete casos em Pernambuco e povo sem direito a futebol em campo
Recife quase parando devido ao corona
Brasil, Recife, pandemia e eventos
Corona vírus, fantasia e polícia
Colabore com o Fazendo Acontecer
Nóis sofre mais… nóis goza
Nóis sofre mais nóis goza é só folia

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação e Internet/ Redes Sociais

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.