Pandemia: igreja em quarentena e sem Festa da Pitomba. Casos crescem 125%

O Arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, orientou hoje o seu “rebanho”, para que evite realizar as procissões que aconteceriam entre a Quaresma e a Semana Santa. Ele recomendou inclusive a suspensão de um dos eventos religiosos mais tradicionais das duas cidades: a Procissão dos Passos, assim como as vias sacras. O número de casos confirmados da doença cresceu 125 por cento em 24 horas: de oito para 18 em Pernambuco.

“Já orientamos as paróquias para que essas festas religiosas típicas da Quaresma e da Semana Santa sejam suspensas”, disse. “Em março, também há muitos municípios que realizam procissões para São José, que é muito festejado, mas eu não aconselho”, acrescentou. A orientação se estende a 143 paróquias de 21 município pernambucanos. As restrições são por conta da  pandemia do coronavíru. A doença já não se restringe ao Recife, com pessoas com o Conid-19 em Jaboatão dos Guararapes (no Grande Recife) e Belo Jardim (no Agreste).

Tradição religiosa mais importante do município vizinho de Jaboatão dos Guararapes e dedicada a Nossa Senhora dos Prazeres, a Festa da Pitomba também está cancelada, pois a Prefeitura  de Jaboatão – a exemplo do que ocorre no Recife – proibiu grandes aglomerações. A Festa da Pitomba geralmente tem duração de uma semana e atrai milhares de pessoas. Também estão canceladas as apresentações do espetáculo Drama da Paixão,  da Nova Jerusalém, que ocorreriam em Fazenda Nova, na Região Agreste de Pernambuco. Dom Fernando recomendou que os fiéis idosos evitem comparecer às missas nas igrejas, e que assistam à liturgia “pela televisão”. E está orientando os “ministros extraordinários da sagrada comunhão”para “que levem a eucaristia a doentes e idosos em casa”.

O Prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB) anunciou mais doze medidas para evitar disseminação da epidemia  do coronavírus. Estão suspensas as atividades de 61 academias públicas (do Recife e da Cidade) e do Caminhão da Malhação, a partir do dia 18/3. Ele  recomendou que as privadas também parem as atividades. Também serão suspensas as atividades do Compaz (são três), das bibliotecas públicas na mesma data. E baixou decreto autorizando o Procon a recolher mercadorias e autuar estabelecimentos que estejam praticando preços abusivos. Também reservou uma sala para o Comitê Municipal de Respostas Rápidas, que é formado por representantes de todas as secretarias para ofertar soluções para o combate  ao coronavírus.

Leia também:
Aulas suspensas a partir de 18/3
Coronavírus: sete casos em Pernambuco e povo sem direito a futebol em campo
Recife quase parando devido ao corona
Brasil, Recife, pandemia e eventos
Corona vírus, fantasia e polícia
Sextou: Bênção de São Félix e frevo
Festa no Cais de Santa Rita: Sextou
Colabore com o Fazendo Acontecer
Recife, 483 anos: bloo gigante, boi voador, mangue beat e carnaval

Texto e foto: Leticia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.