Que horror: Pátio de São Pedro fica sem os lampiões até depois do mês de julho

Vejam só que coisa linda e quanto cuidado, com esse lampião aí ao lado. Não fica no Recife. Mas em frente ao Castelo de Fontainebleau, a 70 quilômetros de  Paris.  Dá até inveja, quando a gente vê o Recife, tão vilipendiado. É só passar por locais como a Ponte Velha ou o Pátio de São Pedro para perceber a bagaceira. É poste cortado, lampião arrancado, fiação exposta, e por aí vai. Mostro essa foto, feita por minha filha Joana Carolina, em recente viagem à França, para falar – mais uma vez – dos nossos lampiões.

Dessa vez me refiro aos do Pátio de São Pedro. Entra verão e sai verão, entra carnaval e passa carnaval, chega e termina a temporada turística.  Mas o Pátio de São Pedro permanece o mesmo. Tirando o movimento típico do carnaval, aquele belíssimo e importante local volta ao marasmo. Pior: peças que foram alvos de pilhagem – ou corroídas por falta de cuidado – permanecem sem reposição.  Vandalismo?  Omissão dos órgãos públicos? Falta de manutenção? O problema deve ser uma mistura disso tudo. Já falei aqui deste assunto, e volto a insistir pela reposição imediada das  peças sumidas.

O Recife e o Pátio merecem! É possível que o primeiro logradouro de Pernambuco que foi transformando em monumento nacional (em 1938) permaneça tão esquecido? Voltei lá há alguns dias, e constatei  que os postes e velhos casarões permanecem sem os lampiões tão característicos dos tempos coloniais. Há postes que foram torados ao meio, ninguém sabe por quem nem porquê. E  já faz um bom tempo que as coisas estão assim. Pelo menos uns quatro anos, segundo comerciantes do Pátio de São Pedro. Tristeza, não é? Será que o Pelourinho, em Salvador, passaria tanto tempo desse jeito, mutilado? Vejam a situação do lampião na calçada em frente ao castelo francês que mencionei lá em cima. Se fosse no Recife, o poste estaria careca. E fica por isso mesmo.

Pertinho do carnaval, um “passarinho” do Pátio me contou que o local iria receber quatro postes de luz de led, dois refletores na entrada da caixa cênica e dois na lateral das casas 45 e 49”. Mas soube, depois, por informações oficiais que aquelas eram apenas iniciativas voltadas para o carnaval. Após a festa…. Procurei a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), para saber o destino dos lampiões que, aparentemente, teriam sido roubadas. Fui, em seguida, informada extraoficialmente que uma parte estaria em um depósito da Prefeitura à espera de restauração. Me deram até o número do imóvel. Mas lá não consegui entrar.

Procurei de novo a Emlurb. Mas recebi uma nota lacônica como resposta, sem explicação plausível para o abandono e muito menos informando quantas peças foram roubadas e quantas retiradas para manutenção. Nem mesmo disseram se o caso foi denunciado à polícia, caso tenha havido o furto. Ou seja, por enquanto fica tudo do mesmo jeito. Péssimo para o Recife. Nem tudo, no entanto, está perdido. Segundo a Emlurb, será feito um “projeto”, contemplando iluminação para o Pátio. Esperamos que os lampiões não sejam esquecidos e que voltem aos seus lugares. Até porque de poluição visual o Centro já está cheio.  “A Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) informa que não retirou luminárias e lampiões do Pátio de São Pedro. Porém, algumas peças se desgastaram com o tempo. O órgão vai elaborar um projeto, até julho deste ano, que contemple a instalação de novas luminárias no espaço”, é o que informa a Emlurb. Ou seja: permanece a dúvida. Ninguém sabe quantas peças “sumiram” por vandalismo, nem quantas por falta de manutenção.

Leia também:
Pátio de São Pedro está sendo pilhado
Vandalismo: prejuízo de R$ 2 milhões
Ponte da Boa Vista pede socorro
Ponte da Boa Vista ganha abraço
Ponte da Boa Vista ganha reparos
Imperatriz tem 26 lojas fechadas
São José e Santo Antônio ganham livro: viagem por quatro séculos de história
Silenciosa relíquia do tempo de Nassau
Terça Negra faz tributo a Zumbi
Cultura negra e fêmea no Pátio
Manguebeat no Pátio de São Pedro
Festa do Fogo no Pátio
Pátio tem delícias da comunidade
Olha! Recife: pátios e Poço da Panela
Praça Dom Vital de roupa nova

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Letícia Lins (Recife) e Joana Carolina Lins Pereira (Fontainebleau/ Cortesia)

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.