Deficientes com vez no desfile do Galo

Informação importantíssima, para quem tem deficiência. Pelo décimo ano consecutivo, vai funcionar o Camarote da Acessibilidade do Carnaval 2020 no Recife. As inscrições já se encontram abertas e há vagas para 250 pessoas assistirem ao desfile do Galo da Madrugada, em acomodação especial. Também  há espaço para os acompanhantes. As inscrições ficam abertas até que se esgotem as vagas disponíveis.

A iniciativa é da Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife. As pessoas com deficiência física, mental/intelectual e visual devem se inscrever por meio do número 3355-8645, no horário das 9h às 12h e das 13h às 16h.  Já as pessoas com deficiência auditiva, se inscrevem exclusivamente pelo e-mail camarotedaacessibilidaderecife@gmail.com.

O Camarote da Acessibilidade no Galo da Madrugada ficará no Pátio do Carmo, na Avenida Dantas Barretos, e funcionará das 8h às 17h, no dia 22 de fevereiro. O espaço é destinado às pessoas com deficiência residentes no Recife e seus acompanhantes.  O gerente da Pessoa com Deficiência do Recife, Paulo Fernando, destaca a relevância de uma estrutura que garanta autonomia e segurança para as pessoas com deficiência durante a folia.

“O Carnaval do Recife é uma importante manifestação cultural e o maior carnaval de rua do Brasil. Por isso, o Camarote da Acessibilidade é um instrumento necessário para assegurar a participação das pessoas com deficiência em plena igualdade de condições com as demais pessoas”, disse. Na semana passada, pela primeira vez o concurso para Rainha do Carnaval e Rei Momo abriu vagas específicas para pessoas com Síndrome de Down. O concurso terminou virando um sucesso.

Leia também:
O carnaval inclusivo do Recife
Carnaval inclusivo na Rua da Moeda
Carnaval inclusivo Recife Antigo
Abertura do carnaval: inclusão, frevo, brega, samba, pífano e música eletrônica
Isso é muito bom: carnaval inclusivo
O frevo inclusivo de Werison
O ser humano encantado do frevo 
Música para Surdos: é o som da pele
Os incríveis batuqueiros do silêncio
Carnaval sem barreiras em Boa Viagem
A luta por inclusão e acessibilidade
 Campanha por escola inclusiva
Óculos trilíngues facilitam leitura para cegos
Síndrome de Down: despertando talentos
Cultura inclusiva em curso gratuito
Com o coração se faz uma canção
Síndrome de Down: Expedição 21
Portadores de Down ganham curso de jornalismo em PE
Saga de Bruno em cordel
Festa inclusiva no Parque da Jaqueira
Com respeito construímos a igualdade
Bruno, exemplo a ser seguido
Bruno, exemplo para todos
Encontro na estrada: passeio inclusivo
Caminhada para cadeirantes fez sucesso

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Ikamahã/Arquivo PCR  

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.