MeninXs na Rua: Caminhada do Frevo

A julgar pelas fotos e pelos comentários dos  participantes, em uma rede social, foi um verdadeiro sucesso a já tradicional Caminhada do Frevo, que é efetuada todos os anos pelo Grupo MeninXs na Rua, e que foi comandada por Manuel Durão (foto à esquerda). Apesar da quantidade grande de prévias de rua no Recife, o  grupo trocou a coreografia frevo pelos passos  largos entre o Parque da Jaqueira (início da jornada) e a sede do Clube Carnavalesco de Alegoria e Crítica Homem da Meia Noite, que fica no bairro do Bonsucesso, em Olinda. E haja disposição! Eles percorreram no mínimo 30 ruas no caminho, com paradas óbvias em sedes de agremiações carnavalescas famosas das duas cidades, com chance de cair no passo.

Participei desse percurso no ano passado e foi muito divertido. Em 2020, não pude ir pois tinha compromisso cultural familiar no mesmo horário, na cidade de Vitória de Santo Antão, localizada a  51 quilômetros do Recife. De lá, só voltei por volta de 22h do sábado (8/2). Mas acompanhei os passos dos MeninXs pelo WhatsApp. Ao contrário do 2019, quando o percurso foi pela manhã, este ano Durão preferiu realizá-lo à tarde, por conta do excessivo calor do Recife da emergência climática. Com o sol escaldante, é provável que a caminhada fosse prejudicada. Aí, teve inicio às 16h, perto do sol poente. Alguns dos “perês” – como eles costumam se chamar- foram à fantasia, como era a proposta do grupo (foto à direita).

A turma percorreu cerca de 30 vias, passando por bairros como Jaqueira, Graças, Tamarineira, Rosarinho, Campo Grande, Santo Amaro (Recife) e Varadouro, Bairro Novo, Guadalupe, Bonsucesso (Olinda). No roteiro, visitas a sedes de agremiações famosas do Recife, como Clube das Pás Douradas e Madeira do Rosarinho. Em Olinda, não faltaram incursões ao Pitombeira dos Quatro Cantos (à esquera) e um encontro inesperado com o Elefante  nas ladeiras de Olinda. Tudo regado a informações descritas por Durão sobre a história dos clubes visitados, até mesmo de algumas ruas com tradição de carnaval. Parabéns à turma, parabéns a Durão e a todo o grupo pela caminhada que não é curta. Do Recife a Olinda, a pé, não é todo mundo que aguenta não.

No final, claro, pausa para a também tradicional hidratação no Naylê Comedoria, como é comum, entre os MeninXs, quando “esticam” até Olinda. Veja o vídeo com uma das paradas, no caminho entre o Recife e Olinda:

Leia também:
Os antigos carnavais em fotos
Caminhada Carnavalesca dos MeninXs
Bora Pernambucar chega ao fim com encontro de bonecos gigantes
Rei e Rainha de Momo sobem o Morro
Zé Pereira festeja cem anos no Recife
A Zé Pereira, com festa e com afeto
À espera de Zé Pereira no Recife
Arcoverde provou que é multicultural
Caretas, tabaqueiros e caiporas
As viagens do Homem da Meia Noite
Paço do Frevo e Homem da Meia Noite animam o Bairro do Recife
Homem da Meia Noite sobe o Morro
Entre o sagrado e o profano, Homem da Meia Noite sobe o Morro
Homem da Meia Noite merece respeito
“O carnaval melhor do meu Brasil”
Dica para as foliãs: como fazer xixi em pé
Carnaval: Recife ou Olinda?
Teatro Santa Isabel abre para o frevo
Samba na Bomba do Hemetério
 
Nostalgia no Pátio de São Pedro
À espera de Zé Pereira
Homem da Meia Noite sobe o Morro
Entre o sagrado e o profano, Homem da Meia Noite sobe o Morro
Prata da casa decora o Recife em 2019
Recife: Igreja, santo, orixá e carnaval
MeninXs na Rua com Abelardo da Hora 
Andarapé entre o século 16 e o 21
O “milagre” da Igreja dos Milagres
Olinda: Embarque na história de toyota 

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos e vídeo: Redes Sociais / MeninXs na Rua

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.