“Bora Pernambucar” chega ao fim com encontro de bonecos gigantes

Agende-se. É que o domingo (9/2) está recheado de atrações carnavalescas no Recife. Algumas como a Aurora dos Carnavais, que movimenta blocos líricos que enchem as ruas de romantismo com seus flabelos e bandas de pau e corda, que fazem reviver os carnavais do passado. Mas, com certeza, o evento que deve despertar emoção no folião é o encontro de Zé Pereira e Vitalina – os bonecos gigantes mais antigos de Pernambuco – com o Homem da Meia Noite, o calunga mais famoso do Brasil.  O encontro de “amigos” será no Cais do Sertão, durante o encerramento do Festival Bora Pernambucar. Em 2019, estive no local, para assistir ao desembarque do encantador casal  de “namorados” sertanejos, durante a comemoração do centenário de Zé Pereira. Eles viajaram de Belém do São Francisco (a 486 quilômetros do Recife) para saudar o folião da Capital. A chegada, a bordo de um catamarã, foi pura emoção. Lindo! Então, imaginem em 2020, com mais uma gigante se juntando à dupla.  Logo aquele, , famosão, de Olinda, que é movido a muita magia.

Quem for ao Cais do Sertão, não vai se arrepender. Como eu não me arrependi em 2019, esperando Zé Pereira e Vitalina, que depois desfilaram pelas ruas do Recife. Foi muita emoção. Naquele ano, o Secretário de Turismo de Pernambuco, Rodrigo Novais, prometeu ampliar o evento em 2020.  E fez. Sertanejo, ele justificou que o Recife precisava conhecer melhor a cultura do interior. Por esse motivo, no dia do encerramento do Festival Bora Pernambucar, passam pelo Cais do Sertão agremiações do Recife e do interior. Entre elas: Caiporas (Pesqueira), Tabaqueiros (Afogados de Ingazeira), Caretas (Triunfo), Papangus (Bezerros), La Ursas (de São Caetano). Também comparecem: Maracatu Nação Erê, Caboclinhos Sete Flexas Mirim, ambos do Recife. Sim, os bonecos gigantes são de Belém de São Francisco (Zé Pereira e Vitalina) e Olinda (Homem da Meia Noite). O cortejo vai das 15h às 18h.

A partir das 19h do domingo, quem assume o comando da festa é a Orquestra Malassombro, que convida Isadora Melo, Marcelo Rangel e Vinícius Barros. Para os que não sabem, a Malassombro é a grande novidade musical do carnaval 2020. Por fim, coroando a noite, show com Alceu Valença, previsto para ter início às 21h. Na  Rua da Aurora, haverá o evento Aurora dos Carnavais, que ocorre há  21 anos, com  cortejo de blocos líricos,  embalado pelas bandas de pau e corda. A Prefeitura – que apoia a festa – informa que 26 blocos vão desfilar, entre eles o homenageado do Carnaval do Recife, Bloco das Flores.  E também o Flor de Lira. Ambos completam  100 anos de fundação, em 2020. A festa começa às 15h30 com um cortejo de flabelos em companhia da Orquestra Frevo É que partem do Monumento Tortura Nunca Mais rumo ao palco, montado à altura do Banco Central (após as quadras da Rua Aurora). Na programação musical, tem a presença da Orquestra e Coral Evocações, com regência do maestro e maestrina Barbosa e Ana Silva, show com Paulo da Hora, Coral Talto do Frevo e Coral Edgar Moraes. Maestro Edson, outro homenageado do Carnaval recifense, se apresenta com o Bloco Cordas e Retalhos.

No Bairro do Recife, 15h tem apresentação do Maestro Spok, com passistas do Grupo Trajetos e Trejeitos. Será no Paço do Frevo, na Praça do Arsenal. E no Hipódromo, o irreverente Coroas de Inox, se concentram no Bar  doJabuti, à Rua Dona Maria Luiza Guerra, 121. Depois, o bloco desfila pelas ruas do bairro, puxada por grande orquestra.

Serviço:
O quê: Festival Bora Pernambucar (encerramento)
Onde: Cais do Sertão, Av. Alfredo Lisboa, Armazém 10, S/N, Bairro do Recife
Quando: domingo (9), a  partir das 15h
Quanto: gratuito
Atrações: Bonecos gigantes (incluindo Zé Pereira, Vitalina e o Homem da Meia Noite), maracatu, caboclinhos, tabaqueiros (Afogados de Ingazeira), Caretas (Triunfo), Papangus (Bezerros), Caiporas (Pesqueira). Noite fecha com show de Alceu Valença.

O quê: Aurora dos Carnavais
Onde: Rua da Aurora, Santo Amaro
Quando: domingo, 9, 16h
Quanto: de graça

O quê: Apresentação de orquestra de frevo com Mastro Spok
Onde: Paço do Frevo, Praça do Arsenal
Quando: domingo (9), 15h
Quanto: gratuito.

O quê: Concentração do Bloco Coroas de Inox
Onde: Bar do Jabuti, Rua Dona Maria Luiza Guerra, 121, Hipódromo
Quando: Domingo (9), a partir do inicio da tarde
Quanto: é chegar e acompanhar os foliões

Leia também:
Rei e Rainha de Momo sobem o Morro
Zé Pereira festeja cem anos no Recife
A Zé Pereira, com festa e com afeto
À espera de Zé Pereira no Recife
Arcoverde provou que é multicultural
Caretas, tabaqueiros e caiporas
As viagens do Homem da Meia Noite
Paço do Frevo e Homem da Meia Noite animam o Bairro do Recife
Homem da Meia Noite sobe o Morro
Entre o sagrado e o profano, Homem da Meia Noite sobe o Morro
Homem da Meia Noite merece respeito
“O carnaval melhor do meu Brasil”
Dica para as foliãs: como fazer xixi em pé
Carnaval: Recife ou Olinda?
Teatro Santa Isabel abre para o frevo
Samba na Bomba do Hemetério

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.