Casarão Magiluth vai fechar com shows para reabrir ampliado depois (março)

O Casarão Magiluth veio para ficar. Mal começou e já deu o que falar, com sua programação cultural intensa. Criada por um grupo de jovens produtores e profissionais da cultura, o espaço está em plena efervescência, mesmo no período de pré-carnaval, quando só se pensa em bloco, maracatu, troça, la ursa. Mas fecha as portas nesse mês. Calma, gente, é só para reforma. E uma reforma estrutural, que ocorrerá entre os meses de fevereiro e março. Em abril, o Casarão reabre, dessa vez com as adaptações necessárias e melhores acomodações para o público.

O primeiro mês foi de intensa programação artística, com apresentações musicais, teatrais e lançamento de um livro com performance. Em abril, ainda sem data definida, o endereço na Rua da Glória, em terreno com quase 1.000 metros quadrados, voltará a receber atrações. Ainda bem. Pois o Recife precisa cada vez mais de  espaços como estes, já que os palcos atuais não comportam a fervura cultural da cidade.

A programação musical de fevereiro do local começa nesta quarta-feira (5), com show de Vinicius Barros e Lucas Crasto (ao lado), pontualmente às 20h – a casa abre às 18h. Os amigos se juntam para executar músicas autorais de ambos, como Vendaval e O amor é foda, integrantes do projeto A fábrica de canções, de Lucas, e Frevo de inverno (do repertório da Orquestra Malassombro) e 1975 (da mostra Reverbo) de Vinicius.  (A Orquestra Malassombro é uma das novidades da cena musical do Recife, que veio para sacudir o frevo. O grupo – formado em boa parte por alunos ou professores do Conservatório Pernambuco de Música –  vai dar o que falar).

No domingo, (9/2), às 17h, Geraldo Maia e Publius fazem show com participação especial de Rodrigo Samico, no mesmo horário. O repertório contempla parcerias dos dois, como Profana e pura e Jorge sem lua (junto com Lula Queiroga), canções que já revisitaram juntos. Também inclui faixas do álbum Dia de sol, de Publius, canções de Geraldo – a exemplo de Helioticicando (com Marco Polo) e Rock do ofício (com Everardo Norões). Para não sair do clima, Publius e Geraldo vão ofertar frevos de bloco e canção, em homenagem ao Dia do Frevo, celebrado em 9 de fevereiro. Os dois são artistas de pesado quilate, encantam plateias de todas as idades e provavelmente garão um belíssimo show.

O Espaço Cultural Casarão Magiluth é um sonho ousado gestado ao longo dos 15 anos de trajetória do grupo teatral pernambucano, celebrados com uma mostra de repertório em outubro. O terreno abriga a Sala Socorro Raposo, destinada primordialmente para encenações teatrais, a Sala Henrique Celibi, para ensaios, exposições e festas, um amplo quintal, capaz de sediar desde shows até bazares, e ainda salas multifuncionais, onde já funciona o escritório do grupo.

Leia também:
Boa Vista ganha casarão cultural
A resistência das Violetas da Aurora
Censura de Abrazos vira caso de justiça
Mutirão contra a censura de Abrazo
Peça censurada na Caixa Cultural passa de graça no Apolo

Teatro andarilho na Praça do Arsenal
Teatro de resistência no Bar Mamulengo
Marsenal: ocupar, gritar, se levantar
Movimento  Marsenal faz leilão
Cartas inéditas entre Osman Lins e Hermilo Borba Filho chegam ao palco
Dois grandes amigos, Hermilo e Osman, em debate no bairro do Recife
Obsessão, entre tapas e beijos
Gonzaga Leal e Isadora Melo: “Insones Intempestivos”
Não perca  O Peru do Cão Coxo
“O menor museu do mundo”
Galpão das Artes e brinquedo popular
Teatro: “Baile” no Recife e “Peru” no interior

De volta à História do Meu Povo
História do meu povo vira livro 
Brinquedo é coisa séria
Aprenda e brincar como antigamente 

Poço  das Artes: música e mamulengo
Presença inglesa, mamulengo e Brennand no Olha! Recife
Bonecos fazem a festa em Casa Forte
Resgate do mamulengo pernambucano
Fotógrafos documentam mamulengos 
Mão Molenga faz a festa dos bonecos

Miro e o show dos seus bonecos
 No Dia do Artesão, viva Miro dos Bonecos 

SERVIÇO:
5 de fevereiro: Vinicius Barros e Lucas Crasto
9 de fevereiro, 17h: Geraldo Maia e Publius
Onde: Espaço Cultural Casarão Magiluth, Rua da Glória, 465, Boa Vista
Ingressos: R$ 30 e R$ 15, à venda pelo Sympla. Abertura da casa: 18h (duas horas antes dos shows)
Informações: (81) 99704-3088

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.