Parem de derrubar árvores (226)

É cada dia maior o número de árvores vitimadas pela ação da motosserra insana no Recife da “emergência climática”. A cena de arboricídio mais recente fica na Rua Laurindo Coelho, no bairro de Casa Forte,  na Zona Norte, onde o #OxeRecife constatou mais uma árvore guilhotinada. Observem a foto acima, onde o tronco decepado ainda ostenta a presença do pó de serra, provocado pelo corte.

A “tamborete” fica bem pertinho do Cartório de Registro Civil Casa Forte. A árvore dava sombra generosa para ciclistas, pedestres e mesmo para motoqueiros, que fazem entrega de comida por aplicativo de um restaurante que fica naquela via, perpendicular à Avenida Dezessete de Agosto. A árvore fica do mesmo lado onde uma outra, também adulta, que já havia sido degolada sem dó, em 2017.

O registro da vítima anterior inclusive foi feito no dia 8 de outubro daquele ano no #OxeRecife (Parem de derrubar árvores 56). O corte de 2017 aconteceu na calçada do Edifício Alameda 17 onde,  felizmente,  uma muda foi plantada pelo condomínio e encontra-se saudável e em crescimento. Pertinho dali, no entanto, outra árvore decepada tenta sobreviver à degola (ao lado).

Depois da guilhotina, surge esse raminho dando sinal  de que a planta pede socorro para se manter viva. Esse tronco pertencia a  uma árvore  frondosa, em frente do Edifício Gilberto Freyre, na Avenida Dezessete de Agosto, que foi torada no final do ano  passado, inclusive com registro aqui (Parem de derrubar árvores 222). A degola foi realizada, os tocos não foram removidos pela Emlurb, e a planta tenta sobreviver com o que restou. Isso porque a natureza, como sempre, é muito generosa. E tenta, por conta própria, repor o que lhe foi surrupiado: a vida.

Leia também:
Parem de derrubar árvores (56)
Parem de derrubar árvores  (223)
Parem de derrubar árvores (222)
Parem de derrubar árvores (178)
Parem de derrubar árvores (155)
Parem de derrubar árvores (165)
Parem de derrubar árvores (183)
Parem de derrubar árvores (194)
Parem de derrubar árvores (195)
O Recife tem quantas árvores?
Emergência climática: Recife mais verde é balela
Bora Plantar está nas ruas
Bora Plantar dá 773 árvores ao Recife
Bora Plantar mobiliza Zona Norte
Parque Capibaribe ganha 300 mil euros
O Recife tem quantas  árvores?
Parem de derrubar árvores: a natureza é mãe e precisa de nós
Não matem nossas árvores
“Genocídio” oficial de nossas árvores é cada vez maior
O Recife da paisagem mutilada
Recife árido: emergência climática
Emergência climática no currículo
Escolas combatem mudanças climáticas
Os verdes gramados de Salvador
APP ajuda a monitorar árvores no Recife
Mudas substituem toquinhos
Arboricídio mobiliza Câmara Municipal
Arboricídio vira caixa preta
Compensação pelo arboricídio
Compensação pela selva de concreto
Verdade ou fake: 50.000 novas árvores?
Recife: 4.000 novas árvores em 2018?
“Abaixo o arboricídio insano”
Arborização do Recife em discussão
Parem de derrubar árvores: a natureza é mãe e precisa de nós
Recife ficará mais verde até 2021
Vem aí a Maratona Verde com 10.000 árvores para o Recife do arboricídio
Maratona Verde já começou
Parem de derrubar árvores (203)
Parem de derrubar árvores  (204)
Dia da árvore: a vovó do Tapajós
Parem de derrubar árvores (27)
TRT vai compensar árvores derrubadas
Parem de derrubar árvores (32)

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.