Parem de derrubar árvores (224)

Começar o ano com uma cena como esta, aí da foto acima, é muito doloroso. Um caso de arboricídio duplo, provocado pela motosserra insana. Realmente uma tristeza de dar dó. O #OxeRecife entra no seu terceiro ano consecutivo, denunciando o excesso de cortes, erradicações e as nem sempre devidas reposições realizadas no nosso Recife da emergência climática. As duas vítimas ficam na esquina da Rua João Ramos com a Rua Amélia, no bairro das Graças.

Árvore exibe as marcas da motosserra insana em seu tronco degolado, na esquina da Rua Amélia com João Ramos.

Como já foi dito aqui, caso tenha sido mantido o ritmo dos três primeiros anos da atual gestão  – quando 5 mil árvores foram eliminadas – é provável que tenhamos chegado  ao final de 2019 com 15 mil árvores a menos em nossas ruas E isso em um cálculo bem modesto, Infelizmente o número de árvores erradicadas da cidade virou uma verdadeira caixa preta.

Árvore degolada fica a menos de dez metros de uma outra vítima da motosserra insana nas Graças: tristeza.

Só aqui no #OxeRecife, desde 2017, já computamos  367 árvores erradicadas, em  224 postagens, em campanha sob a hastag #ParemDeDerrubarÁrvores. Todas possuem fotografias, endereço e data do registro. Em audiência pública, em seminários ou encontros sobre arborização tenho cobrado, sempre, aos órgãos competentes, os números reais das podas, degolas e plantio.

Mas, infelizmente, só são fornecidos os de árvores plantadas, tornando-se difícil fazer um balanço real da oferta de verde na cidade. Até porque o que se observa nas ruas é que o índice de sobrevivência de mudas recentemente plantadas deixa a desejar. E fornecimento de informações sobre degola, nem pensar.  Não existe transparência, quando o assunto é erradicação de árvores na nossa cidade. O plantio, no entanto, como a gente pode observar em praças, ruas e parques, mostra um índice grande de mortandade. E aí, alguém suspeita de como está a situação do verde no Recife da emergência climática?

Leia também:
O Recife tem quantas árvores?
Recife árido: emergência climática
Emergência climática: Recife mais verde é balela

Arboricídio vira caixa preta
Não matem nossas árvores
Verdade ou fake, 50 mil novas árvores?
Recife ficará mais verde até 2021
Recife: 4000 novas árvores em 2018
Selva de concreto, árvores e mutirão
O Recife vai ganhar 2 mil árvores
Recife da paisagem mutilada
Herança do arboricídio no Recife
Viva 2018, Recife
Exemplos de amor ao verde no Recife
Vem aí a Maratona Verde com 10 mil mudas para o Recife do arboricídio
Entre o arboricídio e a Maratona Verde
Maratona Verde já começou
Maratona Verde tem mutirão no Santana
Compensação pela selva de concreto
Arboricídio mobiliza Câmara Municipal
“Abaixo o arboricídio insano”
Bora Plantar está nas ruas
“Bora Plantar?” Chame o 156

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.