Veja o que vai rolar na virada do ano

As estruturas para as festas de réveillon em Boa Viagem e Pina  estão armadas, inclusive com as gigantescas caixas de som. No sábado e no domingo, os palcos gigantes já estavam organizados. Quem gosta de curtir a virada do ano nas areias da praia, pode sair mais cedo de casa, para evitar aquele estresses de engarrafamento e dificuldade para estacionar. Pois a partir das 19h a festa vai começar.

Em Boa Viagem – à frente do Edifício Portugal, próximo ao Acaiaca –  quem abre a festa é o Cascabulho. Depois, vêm Lia de Itamaracá (20h40m), Maestro Spok (22h), Gaby Amarantos (0h15m). E, por fim, Maestro Forró (2h). Mas é bom lembrar: a apresentação de Spok inclui convidados como Nena Queiroga, André Rio, Gerlane Lops, Beto Hortis e Bia Villa Chan.

Os palcos do réveillon de Boa Viagem e Pina já estavam prontas no final de semana, inclusive com as caixas de som.

Já o Mestro Forró, convidou Edilza Aires, Cristina Amaral, Nádia Maia, Marrom Brasileiro, Ed Carlos e Geraldinho Lins. No Pina, quem abre a festa é Serginho Zuada e Banda Swing Novo (19h). Depois, os shows seguem com Eduarda Alves (20h30m), Musa (22h10m), e Belo Xis (2h). Participam do show de Belo Xis: Luíza Pérolsa, Gracinha do Samba, Maria pagodinho, Leno Simpatia e Wellington do Pandeiro. No Recife, mais três polos terão animação na virada do ano: Lagoa do Araçá (Rua Nova Verona), Várzea (Rua Francisco Lacerda) e Ibura (Campo Nacional, UR 1). Ao todo, 40 atrações ocuparão os cinco palcos oficiais.

Mas o que deve mesmo encantar o público na virada do ano é o show pirotécnico, que fará eclodir 21 toneladas de fogos, três a mais do que em 2018. Serão três balsas, posicionadas em frente ao Edifício Acaiaca, ao Segundo Jardim e ao Pina. As  balsas estarão a 400 metros de distância da areia para evitar acidentes. E a Prefeitura assegura, que os efeitos serão “muito mais visuais do que sonoros”, para evitar desconforto para idosos, animais, bebês e pessoas doentes. E aí, vamos virar? Passado o Ciclo Natalinho, vem aí outra grande festa: o amado carnaval. A colocação de todos por particulares na areia da praia não é permitida, o que é correto porque o uso da praia é democrático. Mas para os barraqueiros, a virada se transformou em meio de arranjar renda extra: na manhã de hoje, o “aluguel” de uma mesa na areia estava cotado a R$ 100. Com um detalhe: adiantamento de 50 por cento na hora da reserva.

Leia também:
Grande encontro de véios de pastoril
Bandeira do Divino no Santa Isabel
Véio Mangaba vira palhaço insone
Período natalino mas com forrobodó
Chuveiros natalinos em Boa Viagem
Capibaribe tem remada das luzes
Natal é luz. Mas no Recife…
Olha! Recife: Natal no rio e no asfalto
Cantata natalina no Recife Antigo
“O Náutico está no sangue: os glóbulos são vermelhos e brancos”
Eu Amo o Natal: inscrições abertas
Ganhe um réveillon de graça com orquestra e tudo
Saiu o resultado do Eu Amo o Natal
Atenção, brincantes do Ciclo Natalino
Queima da Lapinha é domingo. Vamos?
Um Natal por um Recife mais feliz
Natal para sempre no Santana
Natal Cultural, Baile do Menino Deus e Natal para Sempre
Natal Cultural com Beatles e Cordel
As lembranças do Natal em fotos
Luzes da Cidade no Olha! Recife
Que tal dar artesanato de Natal?
Presentes de Natal baratinhos
Garotada que faz bonito no Natal
Feliz Natal, Recife
Pastoris fazem  a festa no Recife
Pastoril é sonho de infância e razão de viver de Dona Lourdes
Queima da Lapinha no Dia de Reis
Pastoril e frevo na Queima da Lapinha
Pastoris fazem cortejo
Véio Mangaba no Santa Isabel
Cantada com frevo de bloco na Várzea
Fábrica de brinquedos do Noel Festa de arromba na Vila 7
Roteiro natalino em BRT iluminado
Olha! Recife no BRT Cais do Sertão
É sempre tempo de reisado no Sertão

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Letícia Lins e Divulgação/ PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.