Natal é luz, mas no Recife…

Natal é luz. Algumas cidades capricham nesse conceito. E nem é preciso tanto malabarismo. Prédios e ruas iluminadas com lâmpadas brancas, já são suficientes para assinalar a festa. Estive no final de semana no Centro. E, sinceramente, não gostei do que vi. A chamada “capital da criatividade” não está fazendo justiça  a um dos principais slogans adotados pela propaganda oficial. Até o domingo, as pontes estavam escuras, e iluminação diferente mesmo só vi no Cais da Alfândega e no “Boulevard” da Rio Branco.

Neste, aliás, foram distribuídas umas pirâmides fantasiadas de árvore de natal  (E) que não acrescentam nada de bom ao local, já desprovido de tudo que um boulevard precisa ter (arborização, bancos, sombras, estética).  As mesmas “arvorezinhas” foram distribuídas ao longo do Cais da Alfândega, uma das poucas vias do Bairro do Recife beneficiadas com decoração natalina.

A exceção fica por conta da árvore de natal gigante – 14 metros de altura – e das flores de lâmpadas de led colocadas em alguns postes (foto ao lado), estas sim, muito graciosas. Porém de poucos efeitos visuais se não colocadas em sequência, em grandes quantidades na nossa cidade. A decoração natalina do Recife deixa a desejar. Comparem com a foto maior, enviada por uma amiga de Vila Nova de Famalicão, cidade situada a 349 quilômetros de Lisboa. Portanto, do interior de Portugal. Coisa linda. Já na nossa capital…

Leia também:
Plaza: Mágico de Oz, Dorothy e corais
Eu amo o Natal: inscrições abertas
Saiu o resultado do concurso Eu amo o Natal
Luzes da Cidade no Olha! Recife
Ganhe um reveillon de graça com orquestra e tudo
Antoninas sem cachês milionários
Cantatas Natalinas no Recife Antigo
Chuveiros natalinos em Boa Viagem
É sempre tempo de reisado no Sertão
Queima de Lapinha é domingo. Vamos?
Pastoril, frevo e queima da Lapinha
Pastoril é sonho de infância
Resgate do Mamulengo Pernambucano
Fotógrafos documentam mamulengos

Pastoris fazem cortejo no Recife
Cortejo de pastoris hoje no Recife Antigo
Pastoris fazem a festa no Recife Antigo
Cartão de Boas Festas vira relíquia

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Letícia Lins e Andréa do Rego Barros/ Divulgação/ PCR

Compartilhe

Um comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.