Paço do Frevo tem nova troça domingo

Pensem em uma instituição dinâmica. Um dos equipamentos públicos mais queridos do Recife e gerenciado pelo Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG) – o mesmo que gerencia o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro – o Paço do Frevo se transfere para Olinda no sábado, onde faz encontro no Centro Cultural  Grupo Bongar – Nação Xambá. Isso, dentro do seu Projeto Observatório Itinerante. No domingo, a programação volta ao Recife, para um arrastão do frevo, liderado pela mais nova agremiação carnavalesca do cidade: a TCM Mexe Com Tudo.

O encontro com com a Nação Xambá ocorre às 15h de sábado (30/11),  com acesso gratuito. E consistirá em diálogo com o Mês da Consciência Negra. O terreiro é o único de Nação Xambá da América Latina. E território do primeiro quilombo urbano do País. Durante a reunião, ocorrerá uma roda de diálogos com o tema Diversidades e Culturas Negras Participam: Marileide Alves (Quilombo da Xambá), Karen Aguiar (Maracatu Leão Coroado) e Edson Vogue (Guerreiros do Passo/House of Guerreiras).

Já no domingo (1/12), inaugurando a programação de dezembro e celebrando os novos ciclos que estão por vir, o tradicional Arrastão do Frevo terá, pela primeira vez, a participação de uma agremiação iniciante. Criada pelo professor e passista Otávio Bastos, a TCM Mexe Com Tudo surgiu a partir de desdobramentos das ações da Escola de Dança do Paço, por meio do curso parceiro de Frevo Cinquentão, ministrado por Otávio. Caracterizado pelo improviso e ludicidade na dança, o cinquentão  é uma das modalidades clássicas do frevo.

A alta procura pelo curso resultou em uma base regular de alunos formados, que, juntos ao professor, decidiram sair mascarados em um cortejo pelas ruas do Bairro do Recife. A iniciativa dialoga com as ações de formação e salvaguarda do Paço do Frevo, que promove não apenas de preservação mais a renovação do Patrimônio Imaterial. O Arrastão é gratuito tem concentração às 15h30, no Marco Zero, com saída às 16h em direção ao Paço do Frevo.

Leia também:
Paço do Frevo vai a Olinda
Paço do Frevo: 500 mil visitantes
“O frevo mexe com tudo” no Paço
Paço do Frevo e o Homem da Meia Noite animam o Bairro do Recife no domingo
Elefante no Paço do Frevo em janeiro
Paço do Frevo gratuito no fim do ano
Paço do frevo debate presente e futuro
Paço do Frevo: Cem por cento mulher
Contra as práticas de branqueamento
Nação Xambá, 88 anos de resistência

Serviço:
O quê: Observatório do frevo: diversidades e culturas negras
Quando: 30/11, 15h
QuanAcesso gratuito
Onde: Centro Cultural Xambá, em Olinda

O quê: Arrastão do frevo: TCM Mexeu com Tudo
Quando: 01/12, 16h
Acesso gratuito
Onde: Concentração  no Marco Zero 15h30m)

Funcionamento
Horários: Terça (entrada gratuita) a sexta, das 9h às 17h. Sábado e domingo, 14h às 18h (Última entrada até 30 minutos antes do encerramento das atividades do museu).
Observação: mesmo com projeto em Olinda no sábado, o Paço funciona normalmente no Recife no sábado
Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia)
Endereço: Praça do Arsenal da Marinha, s/nº, Bairro do Recife
Informações: (81) 3355-9500 e http://www.pacodofrevo.org.br/programacao

Texto: Letícia Lins/ #OxeRecife
Fotos: Jan Ribeiro e Marina Amorim / Divulgação / PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.