Lampiões surrupiados na Ponte Velha

O problema está se banalizando tanto, que a população do Recife já nem percebe que muitos equipamentos da cidade estão sumindo.  Já nem presta atenção aos monumentos pichados por vândalos, com pedaços faltando ou cercados pelo lixo. Dessa vez, o alerta partiu do Grupo Amantes do Recife. Foi o seu coordenador, Ubiratan Lopes Carvalho, que sugeriu ao #OxeRecife: “Passa na Ponte Velha, para você ver a situação”.  Passei. E a situação é triste.  Desapareceram nada menos de 44 dos 96 lampiões daquela que é uma das centenárias relíquias do Recife.

Perguntei à Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) se foram retirados para conserto ou surrupiados mesmo. Mas a resposta não veio até o momento. Será que a Emlurb não sabe o que aconteceu? A ponte – também chamada de Seis de Março (em homenagem à Revolução Pernambucana de 1817) – é uma das mais icônicas e graciosas de nossa querida cidade.

Datada de 1921, ela liga os bairros da Boa Vista (Cais José Mariano) ao de São José ( antigo Cais da Detenção, referência ao prédio onde funciona hoje a Casa da Cultura). Seu gradeado em ferro fundido e rendado, aplicado em seu parapeito faz dela uma ponte muito especial. Datada do início do século passado, a Ponte está sendo saqueada, pois 42 por cento dos seus lampiões foram arrancados. No local de alguns, restam bocais, fios e até lâmpadas penduradas o que indica que não houve “critério técnico” para retirada, no caso de necessidade de manutenção.   Desse jeito… daqui a pouco vão sumir os postes de ferro e até as grades.

Há algum tempo não passava lá. Encontrei Ubiratan Lopes Carvalho no mês passado, durante abraço simbólico feito pelos Amantes do Recife à Ponte da Boa Vista, já que  esta também está sendo pilhada aos pedaços, Mas que até agora permanece do mesmo jeito, sem reposição das peças roubadas. O conserto foi até anunciado. Mas acontecer que é bom… nada. Ubiratan me chamou  a atenção para a Ponte Velha. Domingo, quando a cidade está mais calma, fui lá conferir em companhia de dois amigos, Fernando Batista e Luís Pinto, que residem em Salvador. Juntos, contamos 24 postes (dos dois lados), cada qual com hastes para quatro lampiões, fato que confirmei, também, em fotos antigas. Ou seja, deveriam ser, ao todo, 96 românticos lampiões.  Mas só restam 44. Uma vergonha para uma cidade tão linda como a nossa. #OxeRecife!

Leia também:
Pátio de São Pedro está sendo pilhado
Vandalismo: prejuízo de R$ 2 milhões
Ponte da Boa Vista pede socorro
Ponte da Boa Vista ganha abraço
Ponte da Boa Vista ganha reparos
Imperatriz tem 26 lojas fechadas
São José e Santo Antônio ganham livro: viagem por quatro séculos de história
Silenciosa relíquia do tempo de Nassau
Terça Negra faz tributo a Zumbi
Cultura negra e fêmea no Pátio
Manguebeat no Pátio de São Pedro
Festa do Fogo no Pátio
Pátio tem delícias da comunidade
Olha! Recife: pátios e Poço da Panela
Praça Dom Vital de roupa nova
Sítio dePai Adão na Terça Negra

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Fernando Batista / Cortesia

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.