Dia “D”: emprego para deficientes

Nada como a inclusão. As pessoas com deficiência têm, nesta quinta-feira (7), uma ótima chance de entrar no mercado de trabalho. É que hoje está nas ruas  a mobilização do Dia Nacional de Contratação da Pessoa com Deficiência e Reabilitados (Dia D). E tudo começa às 8h, no Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro, reunindo 42 empresas, que oferecerão 209 cargos exclusivos para o segmento, entre elas 29 oportunidades para aprendiz.

O evento acontece até as 15h, fazendo a intermediação de mão de obra entre as empresas participantes e as pessoas com deficiência, além de atendimentos de saúde, como aferição de pressão, glicose, orientação do cartão do homem, odontologia com distribuição de kits de saúde bucal, distribuição de preservativos e massoterapia com a equipe do Instituto dos Cegos. Na área de beleza, serão oferecidos serviços como penteado, esmaltação e corte de cabelo.

Devido ao Dia D, o atendimento das agências de emprego da Prefeitura do Recife acontecerá exclusivamente no Compaz nesta quinta. O trabalho envolverá as equipes das secretarias municipais de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo; e Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos. Para facilitar o atendimento, os candidatos devem levar Carteira de Trabalho, currículo e laudo médico. Haverá intérprete de libras. (DT)

O Dia D envolve um conjunto de eventos que ocorrem em diversas cidades de todo o país, proporcionando espaços para o encontro entre pessoas com deficiência e reabilitados do INSS, que têm interesse em ingressar no mercado de trabalho e as empresas que precisam cumprir as cotas de inclusão desse público. Lembrem-se: a Lei 8.213/91 prevê cotas para a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, estipulando que as empresas com 100 ou mais empregados precisam preencher de 2% a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas com deficiência. Segundo dados do Censo 2010, no Brasil mais de 45 milhões de pessoas possuem algum tipo de deficiência – visual, auditiva, motora e mental ou intelectual – caracterizando 24% da população. No Recife, são mais de 430 mil pessoas, o equivalente a 28% da população total da cidade.

Leia também:
Jovens da Apae mostram seus talentos
União Mãe de Anjos em fotografias
Caminhadas para cadeirantes fez sucesso 
Síndrome de Down: Despertando talentos
Cultura inclusiva em curso gratuito
Com o coração se faz uma canção
Síndrome de Down: Expedição 21
Portadores de Down ganham curso de jornalismo em PE
Saga de Bruno em cordel
Festa inclusiva no Parque da Jaqueira
Com respeito construímos a igualdade
Bruno, exemplo a ser seguido
Bruno, exemplo para todos
Encontro na estrada: passeio inclusivo

Serviço
O quê: Dia Nacional de Contratação da Pessoa com Deficiência e Reabilitados (Dia D)
Quando: Quinta (7), a partir das 8h
Onde: Compaz Ariano Suassuna – esquina das avenidas San Martin e Abdias de Carvalho – Bairro do Cordeiro

Texto:  Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Hans Von Manteuffel / Cortesia (arquivo #OxeRecife) e Daniel Tavares/ PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.