Óleo em 20 praias e sete rios de PE

Realmente o Brasil está vivendo uma situação dramática, no que diz respeito à natureza. E o exemplo mais recente é o derramamento de óleo que atinge as praias da nossa região, naquele que é considerado o maior desastre ambiental do litoral do Nordeste. Apesar das gigantescas proporções do acidente (ou crime mesmo?), pelo menos dois ministros só abrem a boca para dizer besteira. Ricardo Salles (mais conhecido como o Ministro da Morte Ambiente) chega a insinuar que o Greenpeace está envolvido na tragédia, enquanto  Marcelo Álvaro Antônio (Turismo) recomenda banho nas praias do Litoral Sul, porque “estão limpas”.

Limpas? E o óleo que afundou? E o que está impregnado nos recifes de corais? E as partículas que estão em suspensão no mar? Com base em que laudo científico ele aconselha a população a cair na água, se os exames só começam a ser realizados agora? A própria Agência Estadual do Meio Ambiente (Cprh) recomenda que as pessoas evitem o banho de mar em 18 praias afetadas.  Sinceramente, gente, realmente não consigo entender onde está a responsabilidade de certas autoridades. Sem falar que só marcaram presença em Pernambuco, depois de determinação da Justiça Federal, porque antes disso… Bom, todo mundo sabe e viu como é que foi. O voluntariado trabalhando feito louco, sem proteção quase nenhuma em nossas praias, enquanto o governo federal não fazia absolutamente nada do que tinha obrigação de fazer.

É triste, muito triste, observar como esse assunto tão grave está sendo tratado. No Nordeste, o óleo já chegou a quinze unidades de conservação, atingindo inclusive a Apa dos Corais, que vai de Pernambuco a Alagoas. Em nosso Estado, a situação não está fácil, apesar da mobilização de prefeituras, do governo do estado – sobretudo do voluntariado – e agora do Exército, que chegou tão tarde que alguns dos seus soldados se limitaram à tarefa de peneirar a areia. Até a tarde de hoje somavam dez os municípios atingidos. Quase 1.500 toneladas de óleo já haviam sido retiradas em 27 praias, distribuídas em 34 localidades. Sete estuários de rios também já estão afetados .

Confira a relação fornecida pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentatibilidade  de Pernambuco (Semas). Os municípios “banhados” no estado pelo óleo com as  respectivas praias: Tamandaré  (Praia dos Carneiros e Boca da Barra); Barreiros (Mamucabinhas); Sirinhaém (Ilha de Santo Aleixo, Praia Aver o Mar, Praia do Guaiamum, Barra de Sirinhaém, Praia de Sirinhaém); Ipojuca (Maracaípe, Praia do Cupe, Pontal do Cupe, Muro Alto); Rio Formoso (Praia do Reduto); Cabo de Santo Agostinho ( Pedra de Xaréu, Itapuama, Praia do Paiva, Suape, Ilha do Amor); Jaboatão dos Guararapes (Praia de Barra de Jangada);  Paulista (Janga); Paulista (Pau Amarelo, Praia de Nossa Senhora do Ó); Ilha de Itamaracá ( Praia de Jaguaribe, Enseada dos Golfinhos e Pilar).Os rios prejudicados são: Rio Persinunga (São José da Coroa Grande); Rio Formoso (Tamandaré); Rio Una (Barreiros); Rio Mamucabas (Barreiros); Rio Maracaípe (Ipojuca); Rio Massangana (Cabo de Santo Agostinho);  Rio Jaboatão (Jaboatão dos Guararapes) .

Nesse final de semana, verdadeiras caravanas estão se dirigindo a praias afetadas, no Litoral Norte e Litoral Sul. São voluntários que pretendem ajudar no ação pente fino da limpeza. E no Recife, o Sinspire  (Rua da Guia, 237, Bairro do Recife) está com ampla programação em defesa da natureza, que inclui exposição de fotografias  Do Caos à Coragem, da venezuelana Giselle Carvallo, que documentou durante os últimos dias o trabalho do voluntariado nas praias afetadas pelo derramamento de óleo em Pernambuco. Os eventos começam às 16h do sábado (25).

Leia também:
Óleo: cresce a rede de solidariedade
Desastre ambiental: viva os voluntários
Boa Viagem com piche. Que horror
Boa Viagem: #Sechegaragentelimpa
Pernambuco: 70 toneladas de óleo
Boa Viagem ganha exposição de fotos
Plásticos poluem Boa Viagem
Mutirões espontâneos contra o lixo
Boa Viagem: asfalto agora tem dono
A praia de Boa Viagem está limpa?
Ação contra exploração em Boa Viagem
Calçadas para carros em Boa Viagem
Boa Viagem com a cor do PSB
Há risco de tubarão em mar protegido?
Pernambuco: 70 toneladas de óleo
Óleo recolhido em 24h: 30 toneladas
Óleo: União é “inerte, omissa e ineficaz”

Longe dos ataques verbais de Brasília, Nordeste e Amazônia se entendem
Plásticos viram vilões de tartarugas 
Servidor federal é afastado porque fez a coisa certa na proteção ambiental
Taxa de Noronha não é roubo, mas recurso para proteger a natureza
Deixem que vivam as baleias
Colete três plásticos na areia
Litoral Sul terá área de proteção marinha
A matança dos guaiamuns ameaçados
Comer lagosta ovada é não ter coração
Disciplina para barcos no Litoral Sul 
Acordo na justiça para algozes do marlim azul
Fome, tortura, veneno e maniqueísmo 
O Brasil está virando o rei do veneno
Com tantos venenos liberados no Brasil, cuidado com o que você come

Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Giselle Carvallo / Sinspire / Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.