Parem de derrubar árvores (206)

Mais uma. Será que essa árvore sobrevive com essa “poda”. No meu humilde entender, isso não pode ser chamado de poda, mas sim de mutilação. Nas minhas caminhadas matinais, passando sempre pelos mesmos lugares, tenho visto muitos casos semelhantes.

A árvore sofre um corte radical, fica sem nenhuma folha, os galhos viram gravetos e – sem o poder da fotossíntese que a alimenta – ela termina morrendo. Essa vítima da motosserra insana fica na Rua Ernani Braga, no bairro da Madalena.

Com o corte, a árvore está sem dar a devida sombra aos pedestres que passam na calçada daquela via, que fica bem pertinho do Mercado da Madalena. E sinceramente, não vi excesso de rede elétrica, que justificasse um corte tão absurdo. É como digo, desse jeito o Recife se transforma em uma grande ilha de calor. E a população que aguente esse permanente arboricídio.

Leia também:
Parem de derrubar árvores (13)
Parem de derrubar árvores (44)
Parem de derrubar árvores (46)
Parem de derrubar árvores (50)
Parem de derrubar árvores (67)
Parem de derrubar árvores (68)
Parem de derrubar árvores (97)
Parem de derrubar árvores (162)

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.