Bandas e fanfarras em festa em PE

Nada como a música para sensibilizar, sociabilizar, instruir.  E é muito bom que os colégios exercitem eu seus alunos o gosto musical. E também lhes ensine a praticar algum instrumento, embora haja aqueles que, mesmo sendo particulares  – e, portanto, com melhores condições – ignorem essa área.  No setor estadual, a meninada já não pode ser queixar. Na manhã de hoje, o Governador Paulo Câmara (PSB) fez a entrega de 1.652 instrumentos musicais e 1.652 estantes para partituras a 18 escolas das 16 gerências regionais de educação (GREs).

A entrega ocorreu na quadra esportiva da Secretaria de Educação e Esportes, e o investimento chega a R$ 2 milhões. Entre os instrumentos entregues, encontram-se trompetes, trombones de marcha, trompa de marcha, bombardino, tuba, bombo drum, caixa tenor drum, prato de choque, entre outros. Tomara que os instrumentos sejam suficientes. De acordo com o Secretário de Educação, Fred Amâncio, a rede pública estadual contabiliza nada menos de 300 bandas e fanfarras.

Durante a solenidade, o governador defendeu que os avanços na educação dependem de um ambiente escolar harmônico, e a música contribui para isso. “Valorizar as nossas bandas é valorizar a nossa cultura, nossa arte, nossa música, e é manter uma tradição cada vez mais viva, uma tradição que tem feito bem à educação de Pernambuco”, afirmou Paulo Câmara.

Já Fred Amâncio lembrou que a educação é  muito mais do que o português, a matemática; é o estudante participar do processo no dia a dia na escola, das atividades, e isso contribui para a vida deles. Nosso trabalho na área de música é muito mais do que aprender a tocar um instrumento”. E concluiu: “Por isso, este Estado faz, com certeza, um dos maiores trabalhos, com uma das maiores estruturas em redes de bandas e fanfarras de todo o Brasil. Nós valorizamos isso e esse momento é um símbolo”, defendeu o Secretário.

Leia também:
A volta das cartas e dos postais
Robótica leva estudantes à Hungria

Estudante de escola pública mostra trabalho sobre sururu em Londres
Rede pública: a vez da robótica 
Escola pública representada no Peru

Alunos “derrubam” 70.000 concorrentes
Estudantes de Escola Pública embarcam para Nova Iorque (Genius Olympiad)
Alunos de escola estadual em Bezerros desenvolvem aplicativo para Fenearte
Alunos fazem aplicativo para Fenearte 
Drama da Paixão: aplicativo para turistas
São João: estudantes criam aplicativo
Na contramão do governo Bolsonaro
Criança Alfabetizada: destaque na educação dará prêmio a prefeitos
Os idiotas úteis e o idiota inútil

Pet vira barreira para reter lixo em canal

Alunos lançam livro na Bienal
Mustardinha: Ecobarreira vai ao Paraguai

Jardim do Baobá: Ribe do Capibaribe
Os pequenos escritores do Recife

Livros artesanais são destaque em escolas públicas do Recife
Alunos fazem livros sobre 20 bairros
Livro em quadrinhos sobre Santo Amaro
Você tem fome de quê? De livros
Alunos derrubam 70.000 concorrentes
Mensagens positivas em muro de escola

Letícia Lins /#OxeRecife
Fotos: Hélia Scheppa/ Divulgação /SEI

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.