“Mais Vida Nos Morros” ganha prêmio

Programa que vem mudando a paisagem dos altos do Recife e contribuindo para melhorar o cotidiano dos que neles residem, o Mais Vida nos Morros passa ser reconhecido, também, pelo benefício que presta à população infantil daquelas áreas nem sempre bem cuidadas pelo poder público. E  acaba de ganhar um prêmio, durante Encontro Alumni 2019, que é promovido pelo Núcleo de Ciência pela Infância. O NCPI tem objetivo de incentivar ações que geram impacto na realidade de crianças em situação de vulnerabilidade social.

O Mais Vida nos Morros é desenvolvido pela Secretaria Executiva de Inovação Urbana do Recife, e atinge até o momento 28 comunidades da capital, beneficiando cerca de 15 mil moradores. Há trabalhos em andamento em mais doze comunidades. O Programa foi escolhido como o de maior relevância para a primeira infância entre todos os projetos desenvolvidos desde 2012 pelos líderes formados no Center on the Developing Child, da Universidade de Harvard ( o idealizador do Mais Vida, Túlio Ponzi, é um dos seus ex-alunos). O Mais Vida começou a ser implantado em 2016.  A premiação encerrou o Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância, na capital paulista, nos últimos dias 3 e 4 de outubro. Antes, o Mais Vida já ganhara reconhecimento internacional da ONU-Habitat, da Child in The City e da Bernard Van Leer Foundation.

Programa Mais Vida nos Morros vem ganhando destaque internacional  por mudar a vida das crianças dos altos.

O Mais Vida quebra a aridez da paisagem dos morros – com pinturas de casas, equipamentos urbanos, benefícios como escadarias – e também contribui para tornar mais lúdicos os ambientes em que as crianças vivem, normalmente sem áreas de lazer. O Mais Vida nos Morros é definido como “uma política pública de cidadania e desenvolvimento sustentável, onde a partir do protagonismo e engajamento dos moradores se inicia a transformação da sua própria comunidade”.  A população participa do processo, desde a criação das soluções urbanas e ambientais até execução.  Para as crianças, incluindo as de primeira infância, os espaços públicos são repensados.  O Programa conta com apoio da iniciativa privada, via Tintas Coral, através do Movimento Tudo de Cor.

Quem quiser conferir, é só dar uma voltinha por esses lugares, tanto na Zona Norte quanto na Zona Sul do Recife: Alto do Maracanã, Córrego do Jenipapo, Alto José do Pinho/Mangabeira, Três Carneiros, Alto Santa Isabel,Morro da Conceição, Sítio São Brás, Beberibe, Vasco da Gama, Pedra Bonita, AltoJosé Bonifácio, Burity, Saramandaia, Rua da Bela Vista, Alto do Pascoal,Córrego Domingos Sávio, Alto da Brasileira, Alto do Caeté, UR-7, Fortim, Altoda Bela Vista, Alto São Sebastião, São Xavier, UR-1, Vietnã, Dancing Days,Coque e Coelhos, já foram finalizados. Atualmente, mais doze comunidades estão em andamento. À primeira vista, o #OxeRecife tem a maior simpatia pelo Mais Vida. Tanto que já sugeriu até aqui no Blog que o programa chegue ao detonado centro do Recife, que está precisando de um verdadeiro banho de loja. Eu já estive em alguns dos morros beneficiados,  e realmente a mudança é grande. Dá até para fazer turismo pelos morros coloridos. Resta deixar o tempo passar, para avaliar a sustentabilidade do Programa.

Leia também:
CurioCidades: o Recife turístico e afetivo de 40 fotógrafos
Nova fase para o Mais Vida nos Morros
Barco, caminhada e Mais Vida Teimosa
Centro do Recife precisa de mais vida
Laboratório da Paz transforma morros
Alto Sustentável completa cinco anos
Alto José Bonifácio está mais colorido
Morros começam a ganhar hortas
Troque uma muda por uma ideia
Mais Vida nos morros do Vasco
Que tal turismo nos morros coloridos?
ONU de olho no Mais Vida nos Morros
Túlio Ponzi e o Mais Vida nos Morros
A paisagem colorida do Córrego do Jenipapo
Mais Vida nos Morros se amplia
Praça alegre colorida na Mário Melo 

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Andréa Rego Barros / PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.