Robótica leva estudantes à Hungria

Depois de passar anos trabalhando como repórter, quando assistia coisas absurdas na área de educação em Pernambuco – como aluno concluindo o curso médio, pasmem, sem ter tido uma aula sequer de matérias como matemática e Física no último ano de escola pública – fico realmente muito contente, quando vejo avanços. Como a meninada escrevendo livros, participando de competições internacionais, dando show de criatividade, criando aplicativos para celulares. Então, vamos comemorar. E registrar.

Alunos da Rede Municipal de Ensino do Recife acabam de conquistar uma vaga na Olimpíada Mundial de Robótica, na categoria Júnior. O torneio acontece na cidade de Gyor, na Hungria, entre os dias 8 de 10 de novembro. Os três destaques são estudantes das escolas municipais João XXIII e Hugo Gerdau, ambas localizadas em bairros populares. A primeira fica na Iputinga. A segunda, em San Martin. Anote os nomes dos jovens que integram a equipe que irá para a Hungria: Lorena Brito Lopes (15), Jamesson Kawa da Silva Nascimento (14) e Edson Cristiano Matias dos Santos (13).

O grupo irá resolver desafios robóticos, exclusivamente com materiais Lego. Eles receberam a notícia nesta semana, durante aula do Clube de Robótica do Centro de Educação, Tecnologia e Cidadania (Cetec), que também integra a rede pública do Recife. Os pais de todos os alunos estavam presentes e ficaram emocionados com a classificação. Essa é a segunda experiência dos alunos da rede municipal na chamada Word Robot Olympiad (WRO). Em 2014, os estudantes de escolas públicas do Recife participaram como convidados para a competição que aconteceu na Rússia, já por conta do destaque do aprendizado em robótica. Em 2016 e em 2017, os alunos ficaram em oitavo lugar na Robocup – Campeonato Mundial de Robótica, que aconteceu na Alemanha e no Japão, respectivamente.

Leia também:
Estudante de escola pública mostra trabalho sobre sururu em Londres
Rede pública: a vez da robótica 
Escola pública representada no Peru

Alunos “derrubam” 70.000 concorrentes
Estudantes de Escola Pública embarcam para Nova Iorque (Genius Olympiad)
Alunos de escola estadual em Bezerros desenvolvem aplicativo para Fenearte
Alunos fazem aplicativo para Fenearte 
Drama da Paixão: aplicativo para turistas
São João: estudantes criam aplicativo
Na contramão do governo Bolsonaro
Criança Alfabetizada: destaque na educação dará prêmio a prefeitos
Os idiotas úteis e o idiota inútil

Pet vira barreira para reter lixo em canal

Alunos lançam livro na Bienal
Mustardinha: Ecobarreira vai ao Paraguai

Jardim do Baobá: Ribe do Capibaribe
Os pequenos escritores do Recife

Livros artesanais são destaque em escolas públicas do Recife
Alunos fazem livros sobre 20 bairros
Livro em quadrinhos sobre Santo Amaro
Você tem fome de quê? De livros
Alunos derrubam 70.000 concorrentes
Mensagens positivas em muro de escola

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação / PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.