“O Náutico está no sangue: glóbulos são vermelhos e brancos. O resto é plasma”

O #OxeRecife nunca fala de futebol, pois é mais voltado para os problemas urbanos da cidade. Mas para grande parte de sua população, o domingo (6/10) pode ser um dia histórico. E hoje o Blog não tem como se omitir, porque nesse momento, há muitos “timbus” se mexendo por aí.  E daquele jeito: com o coração batendo forte.  Também afinando a goela para gritar a plenos pulmões, na hora do gol. Um desses, com certeza, é José Gomes Neto, titular do #CTN, Central Timbu de Notícias. O Blog  é daqueles que, se espremer, a tinta escorre… vermelha e branca. E amanhã, se alguém abrir a tampa do Caldeirão dos Aflitos em busca do título inédito, vai ter timbu fervilhando em tudo que é ninho. Em Pernambuco e no Maranhão, onde o Náutico joga amanhã.

No ar desde 2016, o #CTN, claro, só fala do Náutico.  E não poderia ser de outra forma. Até porque José Gomes, com quem terminei conversando  esta semana sobre o time Timbu  (e também falamos sobre o simpático bichinho), acha que ser alvirrubro é uma condição humana. Da vida. “O sangue tem glóbulos vermelhos e brancos, o resto é plasma”, ironiza. Então, pelo que se observa, o Náutico está nas veias. “Sou alvirrubro desde antes de nascer e aprendi a gostar do Náutico ainda na tenra infância, quando frequentava o Clube”, diz. E se foram tantas as emoções que o clube lhe proporcionou,  a do domingo, com certeza, tem um significado especial. Afinal, o Náutico é hexa em Pernambuco, mas está perto de ganhar um título nacional pela vez.  Ou seja, um fato inédito, para qualquer timbu comemorar.

“Mas um título assim, de Série C é tão importante” ?, indago, só para provocar. “Claro! É um título de campeonato brasileiro, que tem séries A, B, C e D”, responde pacientemente. E acrescenta: “O Náutico chegou perto por três vezes, e chegou a decidir em duas ocasiões: 1967 (Primeira Divisão / Taça Brasil); em 1988, na Segunda Divisão, Série B; e em 2011, foi vice-campeão, pontos corridos”. É claro que emoção nunca falta ao torcedor, mas a de setembro, já está incluída entre uma das maiores. “No jogo de acesso à Série B 2020, foi tudo dramático. Emocionante e épico. O Náutico perdia por 2 a 1 até os 49 minutos do segundo tempo. Então houve o pênalti que mudou a história da partida e o destino do Timbu nas quadras da final da Série C. Veio a decisão nos pênaltis e a histórica classificação do Náutico por 5 x 3. E o gramado dos Aflitos virou um mar vermelho e branco em êxtase”.  As cenas incríveis, repletas de emoção que, claro, tomaram conta do #CTN. Imaginem, então, como estão os timbus, para amanhã.

Para o torcedor e blogueiro, o Náutico sofreu muito com a transferência dos jogos para a Arena Pernambuco, que fica na cidade de São Lourenço da Mata. “À época se imaginou ser um bom negócio”, lembra . “Mas depois veio a dura e cruel realidade dos fatos”, complementa. “Com a mobilidade comprometida para se ir e voltar da Arena de Pernambuco, além do não cumprimento da Cidade da Copa (por parte do governo estadual), a situação ficou impraticável para a torcida”.  Também acha que a mudança pode até ter prejudicado o jeito timbu de ser da torcida. “Além disso, houve um ruptura quanto à identidade da torcida do Náutico com aquele equipamento público”.  E sentencia: “A torcida timbu não era bem tratada pela administração, tanto na era da Odebrecht quando na da gestão estadual. Isso contribuía para afastar o público”. Agora, a torcida está feliz. Todo mundo no ninho dos Aflitos.

Confira algumas fotos, cheias de  emoção, feitas pelo torcedor e coleguinha blogueiro:

Leia também:
Náutico, timbu e Rio Capibaribe
Aurora e Santa Cruz no Olha! Recife
Olha! Recife: futebol, história e arquitetura religiosa
Na rota dos velhos casarões
Timbu dá cria em motor de carro
O calvário e o resgate dos timbus

O timbu, a coruja e a cobra coral
Não mate timbu, primo do canguru
Não confunda rato com timbu, que é marsupial e semeador
Carinho com timbu
Timbu briga com perua por comida

Serviço:
Como acessar o Blog que faz a cabeça da Torcida Timbu
Blog: Blog Central Timbu de Notícias (CTN)
Instagram: Instagram: @ctn1901oficial

Página do Facebook: Página no Facebook: Central Timbu de Notícias (CTN)


Texto: Letícia Lins / #Oxe
Recife
Fotos: Matheus Alves (foto do blogueiro)  e José Gomes Neto / #CNT / Cortesia (fotos da torcida)

Compartilhe

3 comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.