Praça Dom Vital fica pronta esse mês

Tem gente que não gostou muito da retirada das barracas que existiam no entorno do Mercado de São José. Há quem diga que ele perdeu aquele clima de feira, popular como a sua natureza. Pois eu acho que já era tempo. E que essa providência deveria ter sido tomada muito antes, e que jamais as autoridades deveriam ter deixado a situação se agravar tanto, com degradação das calçadas, do asfalto, da Praça Dom Vital, que até parecia um ninho horrível de rato. Enfim, o entorno do Mercado está em obras, que devem ser concluídas até dezembro. A Praça Dom Vital, no entanto, será entregue antes: neste mês. Pelo menos, essa é a previsão da Prefeitura.

Foi só fazer a remoção dos ambulantes, para se observar as chagas deixadas pela ocupação irregular, demasiada e pouco higiênica de barracas, muitas das quais jogavam o lixo no espaço público. Em minhas andanças, já vira a praça com montanhas de lixo da altura de uma pessoa.  Uma cena inacreditável, em se tratando de um local que deveria ser turístico. A Dom Vital não tinha mais gramado, os bancos estavam quebrados e que virara mictório de famílias sem teto.

 

Felizmente, as intervenções para requalificar o entorno já começaram. Tomara que sejam para melhor. As obras estão sob responsabilidade da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb). O investimento será de R$ 743.745,28 e as intervenções vão beneficiar uma área total de 2.226,10 m².  A ação deve melhorar as ruas que contornam o Mercado e a Praça Dom Vital, vias que são continuação das ruas das Calçadas, Praia, Padre Muniz e do Porão, além da Travessa do Mercado. A drenagem será avaliada para identificar os problemas existentes, como abatimentos da rede e ligações clandestinas de esgoto, e para que seja restaurada. A iluminação também está sendo modernizada com a substituição das antigas lâmpadas por luminárias em LED. O asfalto será substituído.

Informa a Prefeitura que já deu início à revitalização da Praça Dom Vital, que fica em frente à Basílica da Penha. A intervenção, também feita pela Emlurb, começou no último dia 09 e deve ser concluída neste mês. Ou seja, bem antes da conclusão das obras do entorno. Os serviços compreendem a recomposição da acessibilidade da praça, que conta com cinco rampas no local, paisagismo (recomposição de alegrete e colocação de grama); recuperação de todo o piso e dos 14 bancos; melhorias na iluminação; pintura geral; e recuperação do monumento de Dom Vital e da estátua de Liêdo Maranhão. A obra terá um custo de R$ 62 mil.

Leia também:
Nova paisagem em São José

Bonde virou peça de museu e trilhos somem do Recife sem memória
Rua da Palma: “quiosque” ou barraco?
Você está feliz com o Recife?
Recife leva banho de Salvador no quesito limpeza 
São José e Santo Antônio ganham livro
O ferro na arquitetura do Recife 
Descarte correto de lixo tem manual
Praça Dom Vital em petição de miséria
Praça Dom Vital parece ninho de rato
Bairro de São José: o Haiti não é aqui
Cinema Glória: Art Nouveau e decadência 
O belo e detonado bairro de São José
Confusas, placas são recuperadas

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Inaldo Lins/ Divulgação /PCR  

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.