Parem de derrubar árvores (em Camaragibe)

Estive na terça-feira na cidade de Camaragibe,  para comprar alguns materiais de construção. Fui pela Avenida Caxangá, pegando depois a Avenida Doutor Belmiro Gouveia, a principal de acesso àquela cidade, localizada na Região Metropolitana e apenas 7,5 quilômetros do Recife.

No caminho, passei pelas verdes matas de Dois Irmãos, Sítio dos Pintos, por canais poluídos que no passado eram riachos. Pelo Parque Municipal, que é gracioso e está até verdinho, por conta do inverno. Mas, como sempre, me deparei com a cena triste de troncos decepados no meu caminho.

Como no Recife, a cidade vizinha parece não fazer reposição de árvores que morreram, ou que sofreram poda exagerada e não resistiram ao mau trato. Vejam só essas três, ficam bem próximas, ali à altura das principais madeireiras da cidade. Triste paisagem, não é não?

Leia também:
Salvem os ipês por favor
A festa dos ipês no Recife e Pará
Desmatamento ilegais em Aldeia
Aldeia tem novos desmatamentos
Novos desmatamentos em Aldeia
Toras de baraúna apreendidas no Recife
No Dia da Amazônia, viva a natureza

Parem de derrubar árvores (no Sertão)
Parem de derrubar árvores (na Bahia)
Parem de derrubar árvores (no Pará)

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.