História de Brasília Teimosa vira dança

No final da década de 50 do século passado, enquanto a capital federal era construída, uma outra Brasília começava a se formar, à margem da praia do Pina, Zona Sul do Recife.  Durante o dia, a polícia destruía os barracos. À noite, os sem teto os erguiam. Talvez tenha sido aquela a primeira ocupação urbana  de  terra organizada no Recife. Mais de 60 anos depois, Brasília Teimosa virou um bairro e símbolo de resistência. Resistência que ainda ocorre hoje contra a especulação imobiliária. Toda essa história é retratada no espetáculo Daqui não Saio, Daqui Ninguém me Tira! , do Grupo Deveras.

Daqui não Saio, Daqui Ninguém me Tira, é o sétimo espetáculo oferecido na programação do Projeto Quartas da Dança, em 2019,que  é promovido pela Prefeitura. O Quartas de Dança dedica a pauta do Teatro Barreto Júnior para grupos de dança da cidade, com condições facilitadas.

Neste mês de agosto, as apresentações ocorrem nos dias 21 e 28 de agosto. Os ingressos custam R$ 20.  O  espetáculo temo 13 bailarinos, e conta a história de luta por moradia nas ocupações urbanas do Recife, tomando como referência e fonte de pesquisa a aguerrida comunidade de Brasília Teimosa, onde o Balé Deveras nasceu.

A montagem utiliza a dança popular e o teatro de rua na interpretação das lutas dos moradores para garantir o direito à moradia, ao saneamento básico e cidadania. O frevo, o coco, a ciranda, a capoeira e o maracatu fazem a costura dessa história. O Grupo Deveras foi fundado na década de 1970. Tanto hoje quanto no dia 28, a sessão começa às 20h. O Projeto Quartas da Dança vai até novembro.

Leia também:
Dança sobre a vida depois da morte
Lembrança de Elis em Falso Brilhante
Chico Science redivivo no palco
“Cantor das multidões” no Barreto Júnior

Serviço:
O Quê: Quartas da Dança 2019
Quem: Grupo Deveras apresenta Daqui Não saio, Daqui Ninguém me tira
Quando: 21 2 28 de agosto
Onde: Teatro Barreto Júnior (Rua Jeremia Bastos, Pina, Zona Sul do Recife)
Horário: 20h
Informações: 3355-3137

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Ubira Machado / DivulgaçãoInformações: 3355-3137

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.