“Nascente protegida é água garantida”

Vejam que iniciativa bacana. Alunos da Escola Estadual Aníbal Cardoso cansaram de ver desmatamentos em Ipojuca e resolveram partir para a ação. Eles fizeram plantio de mudas, para reflorestar duas nascentes e alguns trechos das margens do Rio Ipojuca que corta aquele município,  no  qual aquele rio desemboca no Oceano Atlântico (na altura do Complexo Portuário de Suape).  É a Projeto Nascente Protegida é Água Garantida, um dos destaques da quarta edição do Programa Desafio Criativos da Escola (2018), que em 2019 recebeu 1.443 inscrições provenientes de todos os estados brasileiros, na disputa pela premiação na quinto ano de realização do evento.

O Nascente Protegida é Água Garantida  tem caráter  interdisciplinar, em que entram conhecimentos de Biologia (reconhecimento do bioma), matemática (construção de um sistema de irrigação) e ainda história (pesquisa sobre a agroindústria açucareira em Pernambuco). Para fazer o plantio e multiplicação de mudas, os estudantes contaram com ajuda dos saberes locais, já que foram orientados pela Associação de Moradores São Miguel, que representa pequenos produtores.

Os lavradores mostraram como cuidar das plantinhas, como enriquecer o solo e também como irrigá-las, já que as crianças não podem ir aos locais de cultivo todos os dias. Para evitar que os mudas morressem por falta de água, foi elaborado um engenhoso sistema de irrigação, em que utiliza-se garrafas PET. Nos locais, as crianças deixaram placas contando sobre o trabalho, e pedindo à população que evitasse jogar  lixo nas matas, incluindo as ciliares. Agora, a garotada pretende expandir a iniciativa para outras áreas, incluindo universidades.

O Programa Desafio Criativos da Escola tem apoio do Instituto Alana, sociedade civil sem fins lucrativos, que estimula programas que buscam garantias de condições para vivência plana da infância. O lema do Instituto Alana é “honrar a criança”. Em 2019,  há 1443 inscrições, para disputar o Prêmio Desafio Criativos. Os responsáveis pelo projeto vencedor ganharão o direito de participar da Conferência Global Eu Posso, na qual é esperada a presença do Papa Francisco e de gente famosa, como artistas de cinema. Cerca de 3 mil crianças e jovens são esperados. A Conferência ocorre em novembro, em Roma. O projeto vencedor do Desafio Criativos deve ser anunciado até o final desse mês, e entre os critérios observados pelos especialistas, encontram-se: protagonismo, empatia, criatividade, espírito de equipe. Ou seja, Eu posso. Todos nos podemos agir em defesa de um mundo melhor. Vamos torcer pela meninada de Ipojuca? Imaginem se todo mundo tomasse a mesma iniciativa…

Leia também:
Mata destruída vira trabalho escolar
Estudante de escola pública mostra trabalho sobre sururu em Londres
Alunos “derrubam” 70.000 concorrentes
Estudantes de Escola Pública embarcam para Nova Iorque (Genius Olympiad)
Alunos de escola estadual em Bezerros desenvolvem aplicativo para Fenearte
Alunos fazem aplicativo para Fenearte 
Drama da Paixão: aplicativo para turistas
São João: estudantes criam aplicativo
Na contramão do governo Bolsonaro
Criança Alfabetizada: destaque na educação dará prêmio a prefeitos
Os idiotas úteis e o idiota inútil

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Instituto Alana/ Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.