Cidadania a pé: “calçada não é perfeita”

Não está mais aqui quem falou. Como vivo levando tombos nas calçadas cheias de buracos do Recife, soltei um elogio imenso para a “calçada cidadã” do Beach Class Jaqueira, na Avenida Parnamirim,  no Bairro da Jaqueira, Zona Norte do Recife. O #OxeRecife mostrou que ela é plana, regular, sem buracos e com plantas (gramado e palmeira). Para mim,  estava perfeita. Não, não está. Há ressalvas, por parte de quem entende do assunto.

Líder das nossas Caminhadas Domingueiras, o arquiteto e urbanista Francisco Cunha faz ressalvas ao que postei aqui sobre o assunto no último domingo. Como tenho o maior respeito pelo também consultor e pela sua militância em defesa da cidadania a pé (movimento ao qual me integro), vamos ao reparo que ele fez. Observação que inclusive assino embaixo.

“De fato o piso dessa calçada está bem feito, embora tenha um batente, desnível desnecessário no fim, antes do prédio ao lado”, diz Francisco, que é é um dos criadores do Observatório do Recife. Ele  diz que os vegetais escolhidos são inadequados, embora palmeiras sejam cada dia mais comuns e até embelezem as calçadas de condomínios do Recife. Para Francisco, que a vegetação escolhida tem outro problema, que ele considera o mais grave:

“Há, ali, um pecado mortal: não tem  árvore para dar sombra”.

E explica: “Palmeiras imperiais não suprem essa necessidade, além do que estão sofrendo uma praga mortal na cidade para a qual, a que tudo faz crer, não há remédio”. Falou e disse. Então, ficamos com a calçada que tem banquinho e árvore (na Estrada do Encanamento), como a mais perfeita! O #OxeRecife é totalmente a favor de um Recife aprazível, arborizado e sombreado onde a sua população possa fazer trajetos mais longos e com conforto, seja a pé ou de bike.  Quando eu era criança, sempre pedia ao meu pai para me levar à Rua Amélia (onde moravam alguns dos seus amigos), só para contemplar a vegetação. Lembro-me que admirava também a Visconde de Goiana e outras ruas do Espinheiro, mas estas não lembro quais. Chegava em casa  feliz e deslumbrada, dizendo que tinha passado por um  “túnel” de árvores, os hoje chamados e cada dia mais raros túneis verdes.

Leia também:
Calçadas melhora na Av Norte, mas…
As inviáveis calçadas da Avenida Norte
Ôxe, cadê as calçadas da Avenida Norte?
Calçadas crateras na Avenida Norte
Recife: calçadas e ruas “assassinas”
Avenida Norte: reforma só atinge 12 por cento das calçadas: pedestre corre risco
Calçadas largas na Rua Gervásio Pires
Andando sobre o inimigo
Charme: calçada para andar e sentar
Qual vale mais, a vida ou o poste?
Quem inventou essas famigeradas tampas duplas para nossas calçadas?
Quem chama isso de calçada…
Os cem buracos do meu caminho
“Já torci o pé três vezes nas calçadas”
Acidente em calçada requer  até Samu

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.