Aldeia tem novos desmatamentos

Moradores de Aldeia – um dos redutos ainda com muito verde da Região Metropolitana – denunciam novos desmatamentos na área, dessa vez  na localidade Chã de Peroba, onde ainda existe vegetação nativa da Mata Atlântica.

A informação chegou ao #OxeRecife via WhatsApp, com fotos e vídeos, mas vizinhos não querem se identificar, temendo represálias. Eles dizem que um terreno foi cercado e loteado e que, a cada dia, as árvores estão sumindo mais. A área estaria sendo preparada para implantação de condomínio privado.  O terreno em questão fica entre os município do Recife e Camaragibe, de limite tão tênue, que normalmente se observa lá caminhões coletores de lixo das prefeituras das duas cidades.

O desmatamento fica bem pertinho da Alameda Pau Ferro. A Agência Estadual do Meio Ambiente (Cprh) já foi avisada da prática irregular, e informa que ainda esse mês estará enviando uma fiscalização a Aldeia, que está inserida na APA Aldeia Beberibe, o que significa que qualquer intervenção como desmate tem que passar pelo crivo dos órgãos públicos.

A APA Aldeia Beberibe é uma área de proteção ambiental de 31.634 hectares que se estendem por oito municípios da Região Metropolitana do Recife, abrangendo partes da própria capital e ainda de Araçoiaba, Igarassu, Paudalho, Abreu e Lima, Paulista, São Lourenço da Mata, Camaragibe, onde fica Aldeia. Recentemente, em Camaragibe, a Cprh registrou crime ambiental na região patrocinado pela própria Prefeitura.

Leia também:
Os 45.929 passos entre o Recife e Aldeia
Desmatamentos ilegais em Aldeia
Novos desmatamentos em Aldeia
Pulmão protegido no Grande Recife
Desmatamento em “pulmão” do Recife
Primeiro corredor ecológico vem aí
Reforço para proteção das matas
Prefeitura destrói área protegida. Pode?
Prefeito destrói mata e pede acordo
Incentivo para proteção à natureza
Capibaribe Verde e reflorestamento

Texto:  Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Cortesia do leitor

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.