Parem de derrubar árvores (184)

Mais um toquinho denunciando a ação da motosserra insana, no Recife do arboricídio. Este eu encontrei na minha caminhada matinal, em manhã de sol, na orla da Zona Sul. Ele fica em frente ao Edifício Lido, na Avenida Boa Viagem, número 3020, à beira-mar. Tem até marca de fogo.

Não sei se a planta corria risco de queda e foi degolada, ou se foi degolada porque caiu.  Ou se foi sacrificada porque estava bichada. Mas a julgar pela ação do tempo – o caule escurecido – o corte não é recente. E sendo assim, já era para o “tamborete” ter sido  totalmente erradicado para que, no mesmo alegrete, fosse colocada um outro vegetal.

Infelizmente a praia que é um dos principais cartões postais do Recife está perdendo o verde. As árvores são cada dia mais escassas nas calçadas, e estão começando a rarear na areia, onde há poucos trechos em que as pessoas podem contar com sombras grandes nos momentos de sol escaldante.

Leia também:
Parem de derrubar árvores (138) 
Parem de derrubar árvores (179)
Parem de derrubar árvores (145)
Parem de derrubar árvores  (133)
Vem aí a Maratona Verde com 10 mil mudas para o Recife do arboricídio
Maratona Verde já começou
Bora plantar? Chame o 156
Arborização do Recife em discussão
Recife ficará mais verde em 2021

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.